Mensagem do dia

Mensagem do dia

sábado, 30 de agosto de 2014

Crepurizinho em Chamas

Iniciou no Comercio do Zé Goiano
O Garimpo do Crepurinzinho no Município de Itaituba/Pá está em chamas, explodiu um tanque de combustível, óleo. E as casas são todas encostada uma na outra e do tipo um barril de pólvora..... Neste exato momento as 20:00 hr do dia 29/08/14
------------------------------------

Graças tudo foi controlado mas queimou todo um quarteirão.. sem vitimas fatais algumas intoxicação com fumaça mas nada grave.
Fonte:

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Artesanato indígena Munduruku recebe destaque na FAM

“É muito legal ver nosso trabalho sendo reconhecido”, disse o artesão indígena, Everaldo Munduruku. Essa afirmação foi precedida de um convite especial. Com peças da etnia Munduruku, os indígenas atendidos pela Empresa de Assistência Técnica e Extensão do Estado do Pará (Emater) foram convidados, nessa quarta-feira (27) para participarem da Feira do Artesanato da Praça da República no próximo domingo. Lá os visitantes poderão conhecer as peças feitas em cerâmica, biojóias e ter o corpo pintado com desenhos característicos da tribo. Mas até no próprio domingo, quem visitar a Feira do Artesanato Mundial e Feira Estadual do Artesanato Paraense, no Hangar, em Belém, poderá acompanhar esse trabalho vindo dos municípios de Jacareacanga, Itaituba e Trairão.

Segundo Delival Batista, técnico da Emater de Jacareacanga, essa oportunidade de expor em outro lugar, além da FAM, em uma mesma viagem para a capital, vai permitir que outras pessoas possam conhecer a cultura Munduruku. “Com certeza, na praça, teremos contato com outro público e a chance de comercializar ainda mais produtos. Parcerias assim, que fazem nosso trabalho técnico valer à pena”, comentou o técnico.O convite para expor na Praça da República surgiu do interesse da presidente da Associação dos Artesãos e Expositores do Pará – Amazônia, Nilza Alcântara. Segundo ela, é preciso dar oportunidade de disseminar mais a cultura indígena dentro do Estado e fora dele. “Expomos em Feiras pelo Brasil todo, levar esse trabalho vai ser de grande valia para todos. Agregamos valor ao nosso trabalho e a produção deles. Com essa parceria, podemos elevar a cultura indígena paraense a um cenário nacional”, disse.

Outro trabalho muito procurado no estande da etnia Munduruku foi a pintura corporal. Dentro da programação, nessa quarta-feira um desfile foi realizado, sendo que a atração principal, que abriu e fechou o evento, foi a modelo Raissa Alcântara, candidata ao concurso “Miss Pará Intercontinental”, representando Soure, no Marajó.  Com o corpo adornado com indumentária de festa, feita de palha e penas, no rosto a pintura das mulheres da aldeia, nos braços ela apresentou a pintura de uma “boiuna”, que representa pés de algodão. Já nas pernas os desenhos foram de uma jibóia. "Uma índia perfeita", elogiou Delival Batista.

Desfile Quem passou pelo Hangar pôde conhecer um pouco mais sobre diversas culturas, mas também foi o tempo de resgatar antigas paixões. A professora aposentada Maria Palheta, nascida em São Domingos do Capim, nordeste paraense, se viu encantada com o trabalho em cerâmica Munduruku, trazido pela Emater, para expor na FAM. “Fiquei sabendo dos produtos da Feira pelo jornal, tinha que vir conferir. Sou do interior e isso lembra muito minha terra, minha infância. Sou apaixonada pelos trabalhos com barro, mas gosto dos mais rústicos, mais simples”, afirmou.
Reproduzido do Site da Emater-Pa texto e fotos: Kenny Teixeira
Arquivo fotografico FARO FINO

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Índios Munduruku, ganham destaques na mídia paraense com seus artesanatos

O estande de Jacareacanga e Itaituba, ganham espaço na mídia e apoio da Emater-PA pelo trabalho apresentado durante esses anos, na promoção e valorização de sua cultura, a comitiva que está participando da III-Feira Mundial de Artesanato, está recebendo um publico muito grande que visitam diariamente os estandes vindo de todo país e até alguns países internacional que estão participando do evento.
Quero agradecer o empenho da Emater-PA na pessoa da coordenadora de Itaituba Drª Inês Guayba e toda sua equipe pelo apoio dado a nossa delegação na cidade de Belém, ao presidente da Emater-PA Dr.Humberto Balbi pela parceria disponibilizada a todos nós, agradeço ao prefeito Raulien Queiroz por acreditar em nossa equipe para representar o município na capital do estado paraense, agradeço aos secretários Roberto Strapasson e Hélio Miranda por ceder um funcionário de sua secretaria para nos ajudar na apresentação da cultura Munduruku. agradecemos o empenho de Raimundo Delival(Emater)Everaldo Manhuary(Praia do Índio) Valter Akay e Celiane Akai(Jacareacanga), Evelly Manhuary, Izicléia Conceição. Todos envolvidos na apresentação dos artesanatos  aos visitantes,inclusive eu que estou acompanhando a delegação.
 III FEIRA ESTADUAL DO ARTESANATO PARAENSE E FEIRA DO ARTESANATO MUNDIAL-FAM. 
Mais informações:www.facebook.com/ivanio.alencar

Postagens populares

Jesus Te Ama

Jesus Te Ama

Pela FÉ

Pela FÉ

De ponta a ponta ligado com o Mundo!

De ponta a ponta ligado com o Mundo!
FORUM PERMANENTE DE DEBATES Eis minha intenção em criar este espaço; as matérias que forem publicadas no FARO FINO, se produzirem comentários serão respondidas respeitando a opinião dos leitores. Todos os comentários devidamente assinados serão considerados e publicados, desde que não exponha a moralidade de pessoas. Evidentemente que comentários imorais ou que visem ridicularizar, humilhar pessoas também serão descartados.

Muitas vezes por sermos homens de projeção publica, posamos de vidraças, e as pedras dos insensatos, de longe são atiradas, mesmo não querendo o FARO FINO para essa finalidade, também posso ser pedra de estilingue, ou até a funda que Davi usou para tirar de orbita o gigante Golias.