20 de set de 2018

MINISTÉRIO PÚBLICO DE JACAREACANGA INSTAURA PROCEDIMENTO PARA APURAR EVENTUAL PRATICA DE CRIMES POR VEREADOR DO MUNICÍPIO ANTÔNIO GOIANO.

O Promotor de Justiça Osvaldino Lima de Sousa, membro do Ministério Público do Estado do Pará em Jacareacanga, determinou no último dia 18 a abertura de Noticia de Fato para apurar eventuais praticas de crimes de falsidade ideológica pelo Vereador Antônio Mendes Cardoso – PT.
 
O despacho do Representante do Ministério Público foi proferido na Noticia de Fato nº 053/2018-MP/PJJ em que o referido Vereador foi Representando por haver, em tese, praticado o crime quando fez informações falsas em Mandado de Segurança que o Prefeito de Jacareacanga promoveu contra o mesmo em razão de atos praticados em sede de Comissão Processante.
Sendo Impetrado no Mandado de Segurança nº 0004542-59.2017.8.14.0112, que tramitou perante o Juízo da Comarca de Jacareacanga, Antônio Mendes Cardoso, vulgo Antônio Goiano, foi condenado litigante de má-fé, tendo o Juiz condenado o mesmo em multa de 10 (dez) Salários Mínimos por faltar com a verdade perante a Justiça.

Após esse incidente, praticado em defesa do Prefeito do Município de Jacareacanga, Raimundo Batista Santiago, Antônio Goiano então passou a defender o Prefeito perante a Câmara tendo inclusive que teria passado para o lado do Prefeito para poder ajudar a seus eleitores.
Mas o que Antônio Goiano fez foi pedir emprego de Professora para a sua companheira e mais duas outras pessoas que foram contratados pelo Prefeito, mas neste caso o Promotor de Justiça entende que Antônio Goiano agiu dentro da Lei.

Porém a decisão final ficará a cargo do Conselho Superior do Ministério Público do Estado do Pará que irá examinar a Representação, cujos autores alegam que a missão de Vereador é legislar e fiscalizar a aplicação dos recursos públicos e não defender o Prefeito a troco de cargos públicos dentro da administração do Município.

A Representação estará sendo encaminhada para Belém, onde será examinado se procede ou não os fatos denunciados quanto ao uso da máquina pública, por parte de Antônio Goiano, em benefício de sua companheira e consequentemente dele próprio.POR: DOMINGOS BORGES DA SILVA

19 de set de 2018

Rodeio Internacional de Itacoatiara não acontecerá no final do mês

A edição do RODEIO PROFISSIONAL E INTERNACIONAL DE ITACOATIARA, que aconteceria nos dias 28, 29 e 30 de Setembro foi adiado pelo seus organizadores.
Juan Rolon, “idealizador do rodeio”, postou em sua rede social, um comunicado informando do adiamento do evento que aconteceria nos dias citado a cima.
Sou Juan Rolon, realizador de Rodeio no estado do Amazonas. Comunico e peço a todos que repassem para os amigos que o Rodeio Profissional e Internacional de Itacoatiara não acontecerá nos dias 28, 29 e 30 de setembro.
Nossa luta está grande, mas com fé e o apoio do povo iremos conseguir realizar. Logo informarei uma nova data e nova programação do evento.
Há tempos, tentam isso. Porém, sou guerreiro e não deixarei de realizar o que conquistei junto ao povo da cidade de Itacoatiara. Ficam todos com Deus. Reproduzido na integra de:

18 de set de 2018

5 de set de 2018

Uma nova história de um campeão

Natural de Itaituba, Rodrigo Paiva migrou para o município de Jacareacanga com seus pais Luiz Paiva e Roseti Cirino Paiva, um casal abençoado e temente a Deus, e irmãos.
Rodrigo um jovem que tinha sonhos e muita coragem, tornou seus sonhos em realidades, se passaram uma década e o jovem Rodrigo, além de bom filho, é um grande profissional na mecânica de moto, porém um dia o sonho bateu a porta e fez um jovem acreditar que poderia ser bem mais que um simples mecânico. Rodrigo Paiva, conheceu o mestre David Trator, um mestre acostumado a ganhar títulos em suas lutas por onde ele é chamado para honrar toda sua equipe Moura Figth Team, Rodrigo vendo o mestre brilhar seguiu carreira e hoje está invicto em suas sete lutas todas com esmagadora vitórias sobre seus desafiantes.
Rodrigo tornou-se Campeão na modalidade de MMA no município de Novo Progresso sábado passado.
Rodrigo lutou no evento UFT Mato Grosso categoria leve até 70 kg, o jovem Rodrigo Paiva venceu o então campeão de Kickboxing José Aparecido que tem em seu cartel  6 lutas  sendo 5 vitórias e 1 uma derrota.
O então Campeão Rodrigo DOMINADOR Paiva, como é chamado pelos fãs,  venceu a luta aos 3 minutos e 30 segundos do 1º raund  por finalização armlock.
O Blog FARO FINO parabeniza o Campeão Rodrigo Paiva pela brilhante vitória e por representar Jacareacanga no evento que lhe consagrou CAMPEÃO DE MMA 

31 de ago de 2018

O RESMUNGO DE UM GOVERNO RESMUNGANTE QUE CONSTRÓI SUA HISTÓRIA DE FRACASSOs

Imagens falam mais que palavras....
ALGUÉM SABE DIZER O QUE ACONTECEU REALMENTE?
A câmara de vereadores por ser a maioria do lado do governo, finge que nada aconteceu!
 
Todos se calaram diante do fato...
Não tem problema, afinal é dinheiro público mesmo! Quem liga pra isso?
FLAGRANTES DE UM GOVERNO DESGOVERNADO
Tem veículos oficiais da prefeitura servindo de taxi para pegar filhos de servidores e diretores nas escolas para deixar nas casas dos respectivos funcionários! 
Mulher de secretário indígena desfilando nos finais de semana com a moto da PMJ achando tudo isso normal! 
Veiculo da PMJ servindo de entregador de cerveja para festinhas de secretários e assessores.
DIZ AI PREFEITO SEU GOVERNO ESTÁ INDO DE MAL A PIOR?

28 de ago de 2018

Indígenas Munduruku recebe treinamento e capacitação na extração de óleo de copaíba

Em uma ação de valorização realizada pela NATUFLOR de Jacareacanga, com a parceria da multinacional FIRMENICH, que é uma empresa de perfumaria da Suíça, e que tem investimentos e representantes na cidade de São Paulo onde funciona o escritório e  sua fabrica; Essa junção de ideias deu-se devido à importância social entre a NATUFLOR e a FIRMENICH, com esse trabalho social, na comunidade indígena BIRIBA, na pessoa de seu representante o senhor Eliziario Kirixi Munduruku, presidente da  associação WARU OREBU, que solicitou uma capacitação de exploração de óleo de copaíba para a comunidade indígena MUNDURUKU.
A NATUFLOR, ao ser solicitada através de oficio da referida liderança, tratou de unir forças com as empresas parceiras para atender esse pedido e alavancar a produção de extração de Óleo de Copaíba na região, gerando renda e empregos para muitas famílias indígenas.
Uma vez feito isso deu-se inicio ao treinamento de aperfeiçoamento dos indígenas inscritos para receber esse treinamento que fará cada participante terem pleno conhecimento de como extrair da natureza esse óleo que trará renda e facilidades aos envolvidos no projeto.
Para a senhora Marilene Gomes da Silva, presidente da NATUFLOR, a realização desse treinamento desencadeou um leque de oportunidades  aos participantes inscritos na capacitação, tendo em vista que no ano de 2014 a Secretaria Municipal de Assuntos Indígenas, realizou um treinamento parecido, e  que deu aos participantes renda e qualificaram mais de 40 indígenas para extrair esse precioso óleo, pensando nisso estamos desenvolvendo esse trabalho e a NATUFLOR ficará responsável de comprar toda produção aqui mesmo em Jacareacanga para facilitar a vida dos coletores indígenas.
Esse treinamento, foi realizado nos dias 20 a 24 de agosto com carga horaria de 40 horas, tendo como objetivo a melhoria e  qualidade da produção.
Diante de tudo isso, os parceiros vieram somar nesse projeto, contamos com o apoio das seguintes instituições:
Associação Indígena PUSURU-AIP e FUNAI para autorização e execução do projeto de capacitação na área indígena, Sindicato dos Produtores Rurais de Jacareacanga que trabalha em parceria com o SENAR-AR/PA, SERVIÇO NACIONAL DE APREDIZAGEM RURAL, o presidente Rui Marcelo Lopes Baima, a pedido da NATUFLOR, solicitou o curso, que foi ministrado pela professora Selma e o colaborador senhor Dine Valdo dos santos, Tive também o apoio do atuante Vereador Elinaldo Crixi, que ofereceu o transporte para conduzir a equipe de trabalho até a referida aldeia, e na ocasião, o vereador  fez uso de suas atribuições para fiscalizar as escolas na região do Kabitutu.
FF - Parabéns a todos pelo excelente trabalho.

JACAREACANGA: UM MUNICÍPIO ABANDONADO PELO PODER JUDICIÁRIO


Sediado no Sudoeste do Estado do Pará, contando com uma população estimada em mais de 41.487 habitantes e a maior população indígena do Estado, em Jacareacanga no ano de 2018, dois Juízes, juntos não trabalharam mais que um mês na cidade.

Centenas de ações judiciais aguardam apreciação de um Juiz, tendo várias pendentes de julgamentos e outras de exames de medidas liminares.

O Magistrado Marcos Paulo Sousa Campelo, então Juiz titular da Comarca de Jacareacanga, após voltar de férias regulares foi promovido para outra Comarca de segunda entrância, passando a responder pelo jurisdicionado de Conceição do Araguaia-PA.

Após quase 120 dias sem um Magistrado comparecer na Comarca de Jacareacanga, a Presidência do Tribunal de Justiça do Estado nomeou a Magistrada Tainá Monteiro da Costa que permaneceu por poucos dias na cidade, já que é Juíza titular da Comarca de Itaituba.

O novo Juiz passou a responder pela Comarca de Jacareacanga desde 4 de julho do ano em curo e encontrou centenas de ações pendentes de apreciação, dentre elas 5 (cinco) ações populares que foram promovidas contra o Prefeito de Jacareacanga e vários outros Réus em consequência de desvios de recursos públicos.

Esse Magistrado após despachar algumas ações e passar alguns dias na cidade de Jacareacanga, segundo apurou-se no Fórum local, está de licença há mais de um mês, com previsão de retorno à Comarca no dia 4 de setembro.

Dentre as ações pendentes de exame de medidas liminares estão pelo menos 4 (quatro) ações populares e outras de interesse da coletividade e, quanto isto, a Comarca segue praticamente sem Magistrado para conduzir os processos e realizar os julgamentos.

Em razão da falta de Juiz na comarca para os trabalhos judicantes, várias ações populares deixaram de serem promovidas uma vez que o então Juiz titular da Comarca estava se julgando suspeito por questões de foro íntimo para processar e julgar essas ações e novo Juiz poucos dias após assumir já se afastou da Comarca. POR: DOMINGOS BORGES DA SILVA

FALTA DE PLANEJAMENTO CRIA CAOS NA EDUCAÇÃO NO MUNICÍPIO DE PORTO VELHO


Pelo menos, desde o ano de 2004 que o sistema educacional no Município de Porto Velho vem gerando sérios prejuízos aos educandos. Isto foi que se constatou em levantamento minucioso da situação.

Essa falta de planejamento tem levado o Município, através da Secretária Municipal de Educação que não elabora um estudo estatístico do crescimento do número de alunos a serem matriculados em sua rede municipal de ensino, chegar ao ponto de ter que alugar prédios privados para atender à demanda, se desincumbindo de construir novas escolas.

Na zona rural, especialmente nos Distritos é onde se encontra os maiores problemas. Em União Bandeirantes, por exemplo, conta com quase dois mil alunos, a Prefeitura teve que alugar prédios para atender a demanda e o ano letivo de 2017, somente foi concluído em fevereiro de 2018.

DISTRITO DE UNIÃO BANDEIRANTES

O início do ano letivo de 2018 ocorreu em junho e tudo isto porque antes de encerrados os contratos com as empresas que prestam os serviços de transporte escolar, o Município não tem estudos próprios para prorrogar os contratos e por conta disto não deflagra os certames licitatórios antes de vencidos os contratos, tendo que contratar novas empresas em regime emergência e que atualmente prestam o serviço de forma deficitário.

Nos último quatro anos o município de Porto Velho teve que contratar empresas de transportes escolares por pelo menos três vezes, em regime emergência e isto demonstra claramente a falta de planejamento para com o ensino público municipal.

O não cumprimento da carga horária mínima em decorrência da falta de planejamento é outro favor que vem prejudicando o aprendizado dos alunos matriculados na rede municipal de ensino, especialmente na zona rural.
No Assentamento Santa Rita que possui uma única Escola, o descaso é aponto de permitir que os equipamentos da Escola sejam furtados e o ensino paralisado sem que ninguém tome providências.

Neste caso os alunos estão sem aulas há vários dias e o prejuízo na quantidade mínima da carga honorária já é fato, não tendo a administração pública municipal adotado mecanismos para minimizar os problemas.
ESCOLA MUNICIPAL NO ASSENTAMENTO SANTA RITA

Essa falta de planejamento tem exigido dos professores que ministrem aulas aos sábados e feriados, em total descompasso com a legislação trabalhista e retirando do profissional o tempo necessário para o descanso e planejamento das aulas.

O descanso para com o ensino público é a principal causa da ineficiente formação do educando.  POR: DOMINGOS BORGES DA SILVA

16 de ago de 2018

Novos resultados de balneabilidade apontam praias santarenas como ‘Próprias/Excelentes’ para banho


"Este já é 8º boletim com coletas realizadas no período de 19 a 26 de junho deste ano"
O relatório da campanha de balneabilidade das praias santarenas de junho de 2018 mostrou resultados 'PRÓPRIAS/EXCELENTES' para banho. A confirmação é da empresa Conágua Ambiental que apresentou o novo boletim do monitoramento da balneabilidade das praias da orla fluvial direita do Rio Tapajós, conforme contrato realizado pela Prefeitura de Santarém, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma).

Saiba mais...

Cidade de Santarém

14 de ago de 2018

BRASIL E UM REGIME DEMOCRÁTICO EM COLAPSO


Nos regimes democráticos todo poder deve emanar do povo, que o exerce por meios de representantes eleitos ou diretamente, que deve ser na forma estabelecida na Constituição Federal e a União formada pelos poderes independentes e harmônicos entre si, constituídos no Legislativo, Executivo e Judiciário.

No Brasil o poder já não mais emana do povo porque os representantes por ele escolhidos, em sua maioria abandonam suas missões e aderiram às mazelas da corrupção, traindo a confiança que lhes foi depositada.

O excesso de harmonia entre os poderes tem agigantando os atos de corrupção e sepultado o poder que é do povo e o voto manipulado para eleger inescrupulosos já não espelha meio legitimo para escolhas de representantes.

Os poderes legislativos exercidos por pessoas que ao invés de executarem suas funções de legisladores e fiscalizadores das aplicações dos recursos públicos, voltaram-se contra esses princípios e defendem imoralidades administrativas, como forma de atraírem para si, vantagens indevidas, em detrimento do patrimônio público.

Os poderes executivos nas esferas Federal, estaduais e municipais, tornaram-se órgãos assistencialistas; disponibilizadores de vantagens indevidas, como se não houvesse independência entre os demais poderes, em muitos casos servindo de cabides de empregos, para albergar os interesses escusos dos que exercem cargos nos demais poderes.

O Poder Judiciário que poderia ser o diferencial no regime democrático, zelando pela independência dos poderes e a harmonia entre eles, têm se acovardado na guarda dos direitos e garantias fundamentais do ser humano, permitindo que serviços essenciais não sejam prestados aos cidadãos em prejuízo do desenvolvimento econômico e social.

Quanto se tem um País de dimensões continental, com 207,7 milhões de habitantes; 16.812 magistrados (Senso do Judiciário de 2014)  e somente na Associação dos Juízes Federais do Brasil (AJUPE), contando com mais de 1.500 associados; o Supremo Tribunal Federal com 11 Ministros; o Superior Tribunal de Justiça com 33 Ministros e apenas um Magistrado se destaca no combate à corrupção que se encontra generalizada é que o regime de governo adotado pelo povo já não atende suas necessidades.

País este onde parcelas de Magistrados, apesar de bem remunerados ainda exercem outras funções de professores, quando poderiam dedicar seu tempo às entregas das prestações jurisdicionais, não pode pretender que faltam Juízes ou até mesmo alegar que o Judiciário estaria abarrotado de processos daí a sua morosidade.

Um País onde tem parcela da população que defendem criminosos, como se o crime compensasse, certamente que se estará à beira do colapso da moralidade, onde criminosos têm mais direitos que o cidadão trabalhador, isto não é democracia.

No Brasil a impunidade está gerando a criminalidade; libertinagem se confunde com valores morais; assistencialismo, como forma de manter redutos eleitoreiros se confunde com políticas sociais; aglomeração de riquezas nas mãos de poucos se confunde com desenvolvimento econômico.

Somente as mudanças drásticas com a reorganização do povo, agindo em defesa da paz e do regime democrático, distorcido nesses quase 30 anos, poder-se-á minimizar os efeitos maléficos da corrupção no País. POR: DOMINGOS BORGES DA SILVA

O RESMUNGO DE UM POLITICO RESMUNGANTE

Tem imagens que falam mais que palavras, qualquer semelhança é mera coincidência!   
Para não ficarem achando que caiu no esquecimento!
O que é uma Charge: Charge é uma ilustração humorística que envolve a caricatura de um ou mais personagens, feita com o objetivo de satirizar algum acontecimento da atualidade. 

As charges são muito utilizadas para fazer críticas de natureza política. São normalmente publicadas em jornais ou revistas e conseguem atingir um vasto público. Para interpretar o significado de uma charge, é necessário estar a par dos acontecimentos políticos nacionais e internacionais e até de Jacareacanga.                  Fim...