domingo, 23 de fevereiro de 2014

Itaituba: Faca que pode ter sido usada para matar advogada é encontrada na lixeira

Uma faca suja de sangue foi encontrada pelo reservado da PM no início da tarde deste domingo (23), dentro de uma lixeira, que fica a cerca de 60 metros do local onde a advogada Leda Marta Lucyk dos Santos, 40 anos, foi encontrada morta em Itaituba, sudoeste do Pará.
Assim que encontraram a faca, por volta das 14h, os moradores acionaram a polícia, que enviou a perícia até o local recolher o objeto que pode ter sido usado no crime. Segundo testemunhas, a faca estava suja de sangue e torta. De acordo com a perícia, o material biológico encontrado na faca será comparado ao das vítimas para então poder confirmar se foi mesmo o objeto utilizado no crime.
Um boné preto que foi encontrado no local do crime também passará por exames. A polícia conseguiu imagens das câmeras de segurança de uma loja vizinha, que mostram um homem suspeito entrando na loja com o boné e saindo sem ele.  
Homenagem: Quando o corpo de advogada foi liberado pelo Instituto Médico Legal, amigos próximos da vítima colegas de trabalho da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), onde ela atuava na cidade, fizeram um cortejo pela cidade até a funerária, onde ocorreu uma homenagem. Amigos da advogada deixaram mensagens de carinho na bandeira estendida sobre o seu caixão. Todos queriam deixar sua última mensagem para a amiga e colega de profissão.
A presidente da subsecção da Ordem, Cristina Bueno, falou sobre a colega. “Ela fará muita falta. Era jovem, bonita, dedicada à profissão e, sobretudo, era uma brava combatente em favor das causas da nossa classe. Sua ausência já está sendo sentida por todos nós”, disse. A OAB informou que a classe está de luto com o falecimento de mais uma profissional de advocacia.
Pela manhã, os corpos de mãe e filha foram encaminhados para a cidade de Palotina, no estado do Paraná, cidade natal da advogada, em um avião fretado pela prefeitura de Itaituba. O corpo da jovem Taynara Siqueira seria encaminhado para a localidade de Fordlândia, no município de Aveiro.
Investigações:  Informações apuradas pela Policia Civil são de que o triplo homicídio aconteceu entre 8h e 10h da manhã de sábado (22). Os corpos só foram encontrados por volta das 20h. Os corpos foram encontrados por uma tia da funcionária da loja, que sentiu falta da sobrinha que costumava chegar cedo aos sábados e não estava atendendo o celular. Ao chegar à loja a tia viu os corpos e chamou os bombeiros. Peritos do Instituto Médico Legal foram até ao local para fazer a perícia e remoção dos corpos.
Neste domingo (23), uma comitiva da OAB/PA chegou ao município para acompanhar as investigações do caso de perto. Segundo a OAB, inicialmente o ex-marido da advogada, que também é advogado, foi detido e levado para o quartel da Policia Militar. Ele foi levado para Delegacia de Policia Civil, prestou alguns esclarecimentos e negou a autoria do crime. Após permanecer algumas horas preso, o suspeito foi liberado pela polícia. O ex-namorado da funcionária da advogada também prestou esclarecimentos. Fonte: G1-PA Reproduzido do blog de Junior Ribeiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja prudente em seus comentários, agradeço sua visita.