segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Pelé chora ao receber prêmio e diz: "Completei a minha coleção"

"Há poucos nomes que se destacam na história, mas quando se fala em futebol há apenas um nome que fica acima de todos". Assim, o presidente Joseph Blatter anunciou o primeiro prêmio da Bola de Ouro da Fifa de Pelé. Maior jogador da história do futebol, ele jamais recebeu o prêmio de melhor jogador do mundo da Fifa porque o troféu foi criado apenas na década de 90. Nesta segunda-feira, porém, a entidade realizou uma premiação especial para o rei do futebol.
Pelé foi aplaudido de pé quando subiu ao palco muito emocionado para receber o prêmio honorário. Chorando e sem palavras, o rei do futebol assistiu a um vídeo com os melhores momentos e gols de sua carreira, uma bela homenagem para o único jogador a vencer a Copa do Mundo três vezes. Após a exibição das imagens, Pelé pôde agradecer o prêmio e lembrou de todos os que passaram pela carreira, agradeceu massagistas, fisioterapeutas, além de amigos e familiares.
"Muito obrigado pela acolhida maravilhosa. Eu prometi a minha família que não ia chorar, mas eu sou muito emotivo. Em primeiro lugar queria agradecer a Deus por me dar saúde, aos meus amigos. Tudo o que consegui foi por causa dos meus amigos, das pessoas que me davam chuteiras, dos fisioterapeutas, dos massagistas, compartilho com eles este troféu. Nos 25 anos que joguei no Santos e mais alguns anos no Cosmos eu recebi muitos prêmios, mas ficava com ciúmes porque todos aqueles caras recebiam (o prêmio de melhor jogador) e eu não porque não jogava na Europa e não tinha prêmio na América do Sul. Mas agora posso dizer que completei minha coleção de troféus", agradeceu o ex-jogador.
Na época de Pelé, o troféu Bola de Ouro premiava apenas os melhores jogadores do futebol europeu e o brasileiro atuou por quase toda sua carreira no futebol nacional e parte dela nos EUA, e, por isso, nunca havia participado da premiação. A Bola de Ouro só passou a ser um prêmio em escala mundial na década de 90.
O ídolo brasileiro já tinha subido ao palco antes de receber a homenagem, para falar sobre a Copa do Mundo no Brasil. Ao lado de Amarildo e Cafú, o rei do futebol usou tom saudosista para falar sobre o Mundial e elegeu a Copa de 70, sua última Copa do Mundo, como a melhor da carreira.
"É difícil dizer qual é a melhor Copa. Na primeira Copa eu tinha 17 anos. Então era um sonho para mim, eu estava lá participando da Copa. Eu acho que a mais importante foi a de 70, a quarta e última com o Brasil. E eu pensei que eu não posso pendurar a chuteira perdendo ela, e Deus foi muito bom comigo", agradeceu Pelé.
Pelé marcou 1281 gols na carreira, conquistou três Copas do Mundo, seis Campeonatos Brasileiros e 20 prêmios individuais, entre eles os de Atleta do Século promovido pelo COI em 1999 e de melhor jogador do século, promovido pela Fifa em 2000. UOL - O melhor conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja prudente em seus comentários, agradeço sua visita.

Pela FÉ

Pela FÉ

De ponta a ponta ligado com o Mundo!

De ponta a ponta ligado com o Mundo!
FORUM PERMANENTE DE DEBATES Eis minha intenção em criar este espaço; as matérias que forem publicadas no FARO FINO, se produzirem comentários serão respondidas respeitando a opinião dos leitores. Todos os comentários devidamente assinados serão considerados e publicados, desde que não exponha a moralidade de pessoas. Evidentemente que comentários imorais ou que visem ridicularizar, humilhar pessoas também serão descartados.

Muitas vezes por sermos homens de projeção publica, posamos de vidraças, e as pedras dos insensatos, de longe são atiradas, mesmo não querendo o FARO FINO para essa finalidade, também posso ser pedra de estilingue, ou até a funda que Davi usou para tirar de orbita o gigante Golias.