quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Treinador prevê sacrifício de Anderson para lutar contra GSP


Anderson Silva é campeão dos médios do UFC desde 2006 - Inovafoto.
Ramon Lemos também analisou a possível luta contra canadense
Um dos assuntos que mais se comenta atualmente no UFC é a possível superluta entre Georges St-Pierre, campeão dos meio-médios (77kg), e Anderson Silva (84kg), detentor do cinturão dos médios. Mesmo com o canadense dizendo recentemente que o possível combate aconteceria nos seus moldes e no seu tempo, a equipe do Spider já pensa em como seria enfrentar GSP e como isso aconteceria.
“O Anderson terá que passar por um certo sacrifício para chegar nesse peso. Teria que ser num peso-combinado para essa luta existir em, no máximo, até 80kg. Vou ser bem sincero, para mim agrada essa luta. Acho que é uma luta que interessa ao publico e poderá mostrar quem é o melhor do UFC”, afirmou Ramon Lemos à Ag. Fight.
O head coach do brasuca afirmou que não teria uma estratégia especial para encarar o canadense. Para Lemos, o principal seria fazer com que o campeão dos meio-médios tivesse que se defender, algo pouco visto em sua carreira até aqui.
“Eu nunca vou treinar o Anderson pensando que ele tem que defender isso ou aquilo. Eu sempre treinei o Anderson pensando que o GSP é que terá que defender chute, soco, queda... A ideia é colocar o St-Pierre em situação de defesa. Nós nunca vimos o GSP em estado de defesa. Então essa seria a nossa estratégia, buscar o ataque para que ele fique na defesa”, afirmou.
Jon Jones
Se por um lado o treinador acredita que uma luta contra St-Pierre seria muito bem-vinda, o combate contra Jon Jones, campeão dos meio-pesados (93kg), é visto com um pouco mais de ressalvas. Isso porque o americano é bem maior e também mais forte do que GSP. Além disso, no caso de Jones, Anderson teria que ganhar e não perder peso.
“Não é que uma luta contra o Jon Jones não interessa. Interessa e não interessa. Nunca escolheremos adversário. O que estou falando é que para lutar com Jon Jones, ele realmente tem que ter um trabalho maior, uma maior preparação para ele poder ter um maior ganho de massa muscular”, analisou.
Ainda sem definição de quando voltará ao octógono mais famoso do mundo, Anderson Silva curte férias nesse fim de ano e deve voltar a lutar apenas depois da metade de 2013. Na última vez que lutou, o brasileiro nocauteou o americano Stephan Bonnar no UFC 153, no Rio de Janeiro.Por Marcel Alcântara- Ag. Fight

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja prudente em seus comentários, agradeço sua visita.