terça-feira, 30 de outubro de 2012

Sandy deixa mais de 8 milhões sem luz e cancela 14 mil voos

Apenas em Nova York, 500 mil casas estão sem eletricidade
A tempestade tropical Sandy, que atingiu na noite de segunda-feira (29) a costa leste dos Estados Unidos, já deixou mais de 8 milhões de pessoas sem luz em 13 Estados norte-americanos e provocou o cancelamento de cerca de 14 mil voos.  
Apenas no Estado de Nova York, 1.5 milhão de pessoas ficaram sem luz. Na cidade de Nova York, 500 mil lares estão sem eletricidade, 250 mil deles em Manhattan.  
Sandy levou ao cancelamento de cerca de 14 mil voos de companhias aéreas nacionais e internacionais, e os serviços em vários aeroportos da região continuam suspensos nesta terça-feira (30).
O diretor executivo do site flightaware.com, Daniel Baker, disse ao jornal USA Today que "espera-se que aumente o número de cancelamentos dependendo do impacto da tempestade".  
As operações continuam suspensas hoje em cerca de 12 aeroportos da costa leste dos EUA, incluindo alguns pequenos como os de Altoona (Pensilvânia), e Morgantown (Virgínia Ocidental), assim como os aeroportos internacionais John F.Kennedy, em Nova York, e Dulles e Baltimore na área metropolitana de Washington.  
Os voos nos aeroportos europeus também foram afetados pela tempestade Sandy.
No Brasil, os aeroportos internacionais de Cumbica, em Guarulhos (SP), e Tom Jobim (RJ) tiveram 16 voos cancelados ontem e a previsão é de que cerca de cinco sejam cancelados hoje.  
A empresa de estimativas de desastres Eqecat assinalou que a tempestade poderá afetar 60 milhões de americanos e provocar danos de até 20 bilhões de dólares.  
Segundo os serviços meteorológicos, a extensão da tempestade e a confluência de uma frente fria procedente do Canadá foram os motivos pelos quais Sandy se tornou tão perigoso.Do R7, com agências internacionais.
Reflexão do dia!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja prudente em seus comentários, agradeço sua visita.