terça-feira, 15 de maio de 2012

Gasolina não terá aumento, diz Mantega!

Mantega afirma que não haverá aumento no preço da gasolina

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou nesta terça-feira (15) ao chegar no Ministério da Fazenda em Brasília que não haverá aumento nos preços da gasolina.
"Não vai ter nenhum aumento", disse o ministro, que se reuniu com o Conselho de Administração da Petrobras.
Mantega presidiu reunião do Conselho de Administração da Petrobras na representação da estatal em Brasília. A pauta do encontro foi a análise dos resultados da companhia no primeiro trimestre do ano.
O mercado tem pressionado a Petrobras a reajustar os preços dos combustíveis, uma vez que valores defasados têm afetado os resultados da companhia, como ocorreu no último trimestre de 2011.
Analistas esperam uma nova queda no lucro no primeiro trimestre, reflexo do avanço significativo das importações de combustíveis, que anulam parte dos benefícios do aumento dos preços do petróleo mais altos.
A estatal não tem repassado a alta dos custos para os consumidores, com o governo temendo o impacto de uma alta dos preços na inflação.
Petrobras vinha sinalizando aumento
No final de abril, a presidente da Petrobras, Graça Foster, voltou a falar na possibilidade de aumento no preço da gasolina para o consumidor. Segundo publicado pela Agência Câmara, Graça disse que será impossível deixar de repassar o aumento do petróleo no mercado internacional para o consumidor brasileiro, caso as previsões de alta se confirmem.
A presidente da estatal já havia dito que o patamar do preço internacional do petróleo está mais alto do que em anos anteriores, porém, na ocasião, ela informou que ainda não há uma data para um possível aumento. “Há claramente uma mudança no patamar de preços neste horizonte de 2012. Em algum momento, a expectativa é que tenhamos reajuste no preço de combustíveis. Se é em um mês, dois, três ou seis, eu não sei”.
Graça explicou que a média do barril para 2011 foi de US$ 111, enquanto que, para 2012, os analistas preveem o barril a US$ 130.
(Com informações da Reuters)Do UOL, em São Paulo

Um comentário:

  1. Essa noticia de não aumentar a gasolina já serve para começar o dia bem.

    ResponderExcluir

Seja prudente em seus comentários, agradeço sua visita.