quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Três prédios desabam no Rio de Janeiro


A cidade do Rio de Janeiro viveu, na noite de ontem, guardadas as devidas proporções, o seu 11 de setembro, com o desabamento de três prédios na Avenida 13 de maio, na região central da cidade, próximo ao Teatro Municipal do Rio de Janeiro.
Os prédios sinistrados tinham 20, 5 e 16 andares respectivamente. 
O desabamento ocorreu por volta das 20H30M de ontem e até esta madrugada os portais anunciavam que já haviam sido resgatadas 11 vítimas com vida. "O prédio afundou como se fosse de papel. Eu estava passando na rua, no momento exato! Foi impressionante. Primeiro ele se deslocou do lado direito, foi um estalo estranho. Depois caiu em pé, como um baralho de cartas", relatou ao iG o servidor público, Aluízio Pereira, de 57 anos.

Fonte: Postado por Parsifal Pontes às 01:42:00 26/01/12 


Mais informações sobre a tragédia no Rio de Janeiro
Prédio desaba no Centro do Rio
Segundo a Defesa Civil, a tragédia deixou 11 vítimas, entre mortos e feridos. Prédio fica na Rua Treze de Maio, perto do Teatro Municipal.
Um desabamento atingiu pelo menos dois prédios no Centro do Rio, na altura da Avenida Treze de Maio. De acordo com a empresária Zilene Bernardino, que trabalha no local, desabaram um prédio de dez andares na Rua Manuel de Carvalho, esquina com Treze de Maio, e outro de 21 andares na própria Treze de Maio. A Defesa Civil Estadual informou que o desabamento deixou 11 vítimas, entre mortos e feridos, um deles retirado do meio dos escombros.
Multidão se aglomera diante dos escombros
(Foto: Rafael Andrade/VC no G1)
Uma moradora de um prédio vizinho relatou que três andares do prédio desabado passavam por reforma. "De repente, ouvimos um grande barulho e começou a voar tudo, e os 18 andares caíram", contou a argentina Devora Galavardo, que mora há seis meses em frente ao prédio que desabou. Amigos e parentes cercam o local em busca de informações sobre pessoas que trabalham na região, enquanto a Guarda Municipal impede a aproximação, pelo temor de dano estrutural às construções vizinhas. De acordo com a assessoria do Corpo de Bombeiros, há 60 homens da corporação no local do desabamento atuando no trabalho de socorro. Há bombeiros dos quartéis da Barra da Tijuca, de São Cristóvão e do Centro. Há 14 viaturas entre ambulâncias, caminhões de água e de escada magirus. A Secretaria de Estado de Saúde informou que colocou em alerta todos os hospitais da rede pública estadual, além das Unidades de Pronto Atendimento (UPA) da Tijuca e de Botafogo, que são as mais próximas.
 O secretário de Saúde Sérgio Côrtes está no local. Já a Companhia Distribuidora de Gás do Estado do Rio de Janeiro (CEG) informou que a rede de gás do quarteirão da Rua Treze de Maio foi fechada. Em relação a algumas informações sobre cheiro de gás na região, a assessoria de comunicação da CEG disse que pode ser uma consequência do desabamento. De acordo com informações do Centro de Operações da prefeitura, a Avenida Almirante Barroso, entre a Rua Senador Dantas e Avenida Rio Branco, está interditada em ambos os sentidos. No twitter do Centro de Operações, a prefeitura faz um alerta: "Atenção motoristas! Evite a região da Cinelândia, Carioca e Rio Branco para não atrapalhar os trabalhos dos Bombeiros e Defesa Civil".












Do G1 RJ, com informações da Globo News.

Um comentário:

  1. Oi companheiro,sou o Elias Junior editor do blogdoeliasjr.Parabéns pelo seu trabalho,hoje que vim descobrir seu blog atraves de um amigo e fiquei feliz em saber que vc tinha o meu entre os seus preferidos
    Gostaria de te comunicar que o blog do eliasjr nao esta mais no ar agora ele ehttp://fordlandiaportaldenoticias.blogspot.com/
    adicione ai na sua lista vc ja esta na minha lista de preferidos.
    abraços e obrigado se presisar conte comigo.

    ResponderExcluir

Seja prudente em seus comentários, agradeço sua visita.