quinta-feira, 4 de maio de 2017

Rodrigo Maia arquiteta golpe para Temer continuar até 2020: Câmara analisa cancelar eleições de 2018



O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), mandou instalar, na tarde desta quinta-feira (4), uma comissão especial para analisar uma proposta de emenda constitucional, apresentada pelo deputado Marcelo Castro (PMDB-PI), que estabelece a simultaneidade nas eleições para todos os cargos majoritários.


A decisão abre caminho para a anulação das eleições presidenciais de 2018, e a disputa poderia ocorrer apenas em 2020, quando haverá eleição para as prefeituras.


Entre as mudanças estabelecidas pela proposta estão:

- O fim à reeleição majoritária

- A simultaneidade das eleições

- A duração de cinco anos dos mandatos para os cargos eletivos, nos níveis federal, estadual e municipal, nos Poderes Executivo e Legislativo

- O aumento para dez anos do tempo do mandato de senadores, para garantir a coincidência das eleições.


PESQUISAS APONTAM LULA COMO FAVORITO


No último domingo, o Datafolha revelou que o ex-presidente Lula lidera em todos os cenários, com 29% a 31% das intenções de voto, e que 85% dos brasileiros exigem a saída imediata de Michel Temer e a convocação de diretas já.


A oposição afirma que o adiamento das eleições ajudaria os governistas, que já derrubaram a presidente Dilma Rousseff, e apostavam em uma vitória nas urnas em 2018 para continuação das reformas políticas.


Esta proposta de emenda constitucional estava parada desde 2003, mas acaba de ganhar tramitação urgente na Câmara. Em uma de suas falas posteriores, a presidente impedida Dilma Rousseff alertou para o risco de anulação das eleições de 2018.

 Reproduzido do Blog JOTA PARENTE 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja prudente em seus comentários, agradeço sua visita.