terça-feira, 30 de maio de 2017

'Mulher-Maravilha': o que os críticos estão dizendo sobre o novo filme

Se depender das avaliações da crítica, o filme estrelado pela atriz Gal Gadot entrará na lista dos grandes sucessos que saíram dos quadrinhos para as telonas
Após décadas de espera, os fãs da Mulher-Maravilha finalmente terão a oportunidade de assistir um filme dedicado à história de origem da personagem nos cinemas. O longa que leva o nome da heroína estreia no Brasil na quinta-feira (1) e conta com estrelas como Chris Pine (Star Trek)e Robin Wright (House of Cards) no elenco, além de trazer Gal Gadot mais uma vez na pele da amazona Diana. 
Criada em 1941 para os quadrinhos da DC Comics, a personagem foi vivida por Lynda Carter na série de televisão Mulher-Maravilha na década de 1970 e só apareceu no cinema em 2016, interpretada por Gadot em Batman vs. Superman: A Origem da Justiça. O novo Mulher-Maravilha dá o devido destaque à amazona e, pelo histórico de filmes de ação — principalmente de super-heróis — estrelados por mulheres, carrega grandes expectativas.
"As pessoas realmente achavam que só homens gostavam de filmes de ação e somente eles iriam assistir a um filme de superheróis", afirmou Patty Jenkins, diretora de Mulher-Maravilhaem entrevista ao jornal britânico The Guardian. Segundo ela, o fato de filmes focados em heroínas, como Mulher-Gato (2004) e Elektra (2005), não terem sido bem recebidos pela crítica e o público foi decisivo para que os estúdios desviassem da ideia de fazer novas produções de ação com mulheres protagonistas. 
A insistência de Jenkins — a primeira mulher a dirigir um filme de super-herói — e o sucesso recente de franquias como Jogos Vorazes (2012) e séries como Supergirl (2015), ambas com protagonistas mulheres, convenceu a Warner Brothers de que valia a chance de fazer um filme da Mulher-Maravilha. 
CRÍTICA
Se depender da crítica estrangeira, o filme será um sucesso. No Rotten Tomatoes, site que agrega as avaliações dos principais críticos de cinema dos Estados Unidos, Mulher-Maravilha possui 96% de aprovação, um índice excelente para os padrões da plataforma. "Por causa da Mulher-Maravilha, o filme e a personagem, não parecem parte de um grande plano corporativo [o universo cinematográfico expandido da DC]; ela não parece outra versão torta e irreconhecível de um personagem icônico. Ela parece uma superheroína genuina, cujo objetivo é proteger as pessoas que precisam", escreve oBuzzfeed americano
"Pode ter demorado quatro filme para chegar lá, mas o universo extendido da DC finalmente produziu uma boa heroína à moda antiga", afirmou a revista Variety. A publicação, assim como boa parte da crítica americana, atribuiu o sucesso do filme à direção de Jenkins e à performance de Gal Gadot.
"Mulher-Maravilha é o primeiro grande filme de super-herói dirigido por uma mulher, e isso aparece na tela de várias e sutis formas. Por menores que sejam as roupas de Gadot, por exemplo, a câmera de Jenkins nunca se demora ou é maliciosa — Diana sempre aparece como uma agente do poder em vez de um objeto", escreve a Variety. "Quando ela finalmente demonstra todo seu potencial em uma sequência de batalha na linha de frente, o filme ganha vida em um genuíno e empolgante caos de slow-motion, e a personalidade de Diana nunca se perde na coreografia."
O site Vox anunciou que Mulher-Maravilha é "um filme de super-herói lindo e triunfante" e considera que é o melhor longa de superherói desde a trilogia "Cavaleiro das Trevas", de Christopher Nolan: "As cenas de luta da diretora Patty Jenkins são obras em movimento. Gal Gadot é majestosa. Chris Pine está mais charmoso do que nunca. E Jenkins criou um filme que faz justiça à personagem cujo nome leva".
Estima-se que o filme arrecadará entre US$ 65 e US$ 105 milhões no fim de semana de estreia — para ser considerado um sucesso de bilheteria, o longa precisa de pelo menos US$ 460 milhões. Segundo a revista The Hollywood Reporter, "a Mulher-Maravilha vai conquistar os corações dos fãs conforme chega ao redor do globo". Mal podemos esperar.  COM ESTREIA PROGRAMADA NESTA SEMANA, O FILME RECEBEU ELOGIOS DA CRÍTICA (FOTO: DIVULGAÇÃO) POR ISABELA MOREIRAPOR ISABELA MOREIRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja prudente em seus comentários, agradeço sua visita.