31 de dez de 2017

2018 com Jesus Cristo é só vitória

Neste novo ano desejamos ricas bençãos em nossas vidas, feliz ano novo para todos. São os voto dos Blogs.

Que haja fartura de dias em suas vidas neste ano de 2018, e que Deus derrame bênçãos medida, calcada e sacudida em cada lar desse planeta. São os votos dos Blogs a todos os amigos e leitores que acessam diariamente. FELIZ 2018

30 de dez de 2017

Jacareacanga a cidade que tudo pode e nada acontece

Você lembra essa matéria que deu o que falar em Jacareacanga quando foi postado pelo Blog? 
Comparem vocês mesmo!
“Quantas latinhas de cerveja são necessárias para pegar carona em um carro oficial? Você Sabe? Não sei! Quando a denuncia vem eles correm!
Essa matéria foi publicada na segunda feira dia 13 de novembro de 2017 que causou surpresas nas autoridades e assessores a ponto de duvidarem  que tal foto era uma montagem e que teria que  ser analisada por um perito. A informação que chegou a nossa redação era que a foto deixava duvidas na sua autenticidade, e eles acreditavam que a referida foto não era em Jacareacanga. Se essa foto é uma montagem e o local não é aqui em nossa cidade. Então, o que podemos dizer dessa imagem que fica em uma área comercial de grande fluxo de veículos e pessoas,  e que fica próximo de SUPERMERCADO, LOJA DE MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO, HOSPITAL,  CORREIOS, CARTÓRIO ELEITORAL e outros. 
Até hoje nenhuma providencia foi adotada para coibir essa situação, pois eles ainda continuam usando carros públicos para transportar bebidas. 
Ainda tem duvidas?

2018 - Faça o mundo melhor


29 de dez de 2017

Veja - Quatro anos depois de acidente, o que se sabe sobre Schumacher?

Em 29 de dezembro de 2013, maior campeão da F1 sofreu grave acidente de esqui na França. Desde então, seu estado de saúde é um mistério.
Schumacher esquia, em foto de 2006. Esporte na neve era um de seus hobbies (ALESSANDRO BIANCHI/Reuters)
Há exatos quatro anos, um acidente chocou o mundo: em 29 de dezembro de 2013, Michael Schumachero maior vencedor da história da Fórmula 1, sofreu uma grave lesão cerebral ao bater a cabeça contra uma pedra enquanto esquiava em Méribel, nos Alpes Franceses. Desde então, o estado de saúde do ex-piloto alemão é um completo mistério.
Em 2017, a família de Schumacher manteve máximo sigilo sobre o assunto em 2017, até mais do que em anos anteriores. Enquanto tabloides europeus especulam sobre estado de saúde e gastos com o tratamento, os fãs aguardam novidades sobre o heptacampeão de F1.
Schumacher, de 48 anos, segue em tratamento em sua casa, na Suíça, e sua família não permite a divulgação de fotos nem novos boletins sobre seu estado de saúde. Após o acidente, Schumacher passou seis meses internado em Grenoble e, depois de sair do estado de coma, passou três meses na cidade suíça de Lausanne, até ir para casa, em 2014.
Alguns amigos próximos, como Felipe Massa, contaram ter visitado o piloto, mas o segredo sobre sua real condição de saúde é mantido a sete chaves. Em janeiro deste ano, Willi Weber, ex-agente de Schumacher causou controvérsia ao dizer que “já é hora de a família de Schumacher contar a verdade.”
Algumas pessoas enviaram mensagens de esperança, como a empresária e porta-voz oficial de Michael Schumacher, Sabine Kehm. “O que aconteceu com ele é algo que, infelizmente, não podemos mudar. Só nos resta ter paciência e manter a esperança de que um dia ele estará de volta entre nós”, disse Kehm, em mostra dedicada ao heptacampeão mundial, em fevereiro de 2016.
Outros foram mais pessimistas, como ex-presidente da Ferrari e amigo de Schumacher, Luca di Montezemolo. “Infelizmente, as notícias não são boas. A vida é mesmo muito estranha. Ele foi o piloto mais vencedor na Ferrari e teve apenas um acidente grave na carreira, em 1999, que foi culpa nossa e não dele. Infelizmente, um acidente de esqui arruinou sua vida”, disse Montezemolo, em tom emocionado, segundo os jornais italianos, em 2016. 
Notícias falsas
A notícia mais concreta sobre o alemão em 2017 veio de um tribunal, que informou que “Schumacher não pode andar”, ao condenar a revista alemã Buntepor ter publicado uma notícia falsa e “irresponsável”. A publicação teve de pagar uma indenização de 50.000 euros (cerca de 168.000 reais) à família de Schumacher por ter informado que “um milagre de Natal” fez com que o ex-piloto tivesse voltado a caminhar no fim do ano passado. 
“Schumacher não pode andar hoje e é improvável que tenha conseguido na época”, informou o tribunal. Em outra notícia de pouca ou nenhuma credibilidade, o jornal britânico Daily Express, informou, citando uma em fonte anônima, que Schumacher está pesando menos de 45 quilos (cerca de 30 quilos a menos do que nos tempos em que competia). 
Já a revista italiana Autosprint publicou, um ano após o acidente, que Schumacher teria os músculos faciais imóveis mas responderia a estímulos sonoros com os olhos. Além disso, já ficaria sentado em cadeira de fisioterapia para fazer exercícios para os músculos e “chora ao escutar a voz dos filhos e da mulher Corinna“. A família sempre negou de forma veemente todas as informações deste tipo.

Herdeiro segue seus passos

Mick durante GP da Bélgica de F1 (Stephanie Lecocq/Reuters)
Enquanto o estado de saúde de Michael Schumacher tem cada vez menos espaço na mídia, seu filho, Mick, vem ganhando cada vez mais destaque. O jovem de 18 anos corre atualmente na F3 Europeia e em agosto homenageou o pai antes do início do Grande Prêmio da Bélgica.

Mick deu uma volta no circuito de Spa-Francorchamps com uma réplica da Benetton de 1994 com que seu pai conquistou o primeiro de seus sete títulos da categoria. O garoto, que diz sonhar com a F1, foi ovacionado pelo público belga na ocasião. Reproduzido de VEJA.

26 de dez de 2017

CALENDÁRIO DE FERIADOS NO BRASIL EM 2018

Feriados

·                   1 de janeiro (segunda): Confraternização Universal 
·                   30 de março (sexta): Paixão de Cristo
·                   21 de abril (sábado): Tiradentes
·                   1º de maio (terça): Dia Mundial do Trabalho
·                   7 de setembro (sexta): Independência do Brasil
·                   12 de outubro (sexta): Nossa Senhora Aparecida
·                   2 de novembro (sexta): Finados
·                   15 de novembro (quinta): Proclamação da República
·                   25 de dezembro (terça): Natal
·                   Ponto facultativo
·                   Ponto será facultativo nas repartições federais:
·                   12 de fevereiro (segunda): Carnaval
·                   13 de fevereiro (terça): Carnaval
·                   14 de fevereiro (quarta): Quarta-feira de cinzas (ponto facultativo até às 14h)
·                   31 de maio (quinta): Corpus Christi
·                   28 de outubro (domingo): Dia do Servidor Público
QUER MAIS?
ISSO É BRASIL

PADROEIROS DO BRASIL

25 de dez de 2017

REALMENTE UMA NOVA ESTÓRIA EM JACAREACANGA

Uma administração mergulhada em tantas denuncias e suspeição de compra de votos, faz uma cidade regredir e parar  no tempo, poucas palavras se resume isso, INCOMPETÊNCIA. 

20 de dez de 2017

Vereador Silvinho do PACO PACO falando Francamente

Hoje me enviaram esse texto que viralizou durante a semana nas redes sociais, comentário de um vereador de oposição e um assessor do prefeito Raimundo Batista Santiago do PSC ou melhor Raimundinho do PT.
Texto enviado por um colaborador  do blog e assessor do governo Construindo Uma Nova História.

Disse o vereador:
"A verdadeira realidade de Jacareacanga",
Senhor Nonato, realmente não conheço  esses lugares ao qual o senhor mencionou, mas com certeza estarei fazendo visitas em todas as comunidades e lugares que o senhor citou em seu belíssimo texto, mas com todo meu respeito isso ta mais para turismo do que realidade. Se o senhor ao redigir essas belíssimas palavras fresasse que esse povo por onde o sr. passou foi sempre explorado, saqueado e humilhado pelos governantes desse município, ai sim seria uma verdadeira realidade. Como por exemplo, nunca ninguém deu estrutura técnica e financeira na área da agricultura, piscicultura, leite e seus derivados, artesanato e granjas de galinhas e porcos, ou seja, tornar eles autossustentáveis,  com acompanhamento técnico e capacitado.  E o pior quando este povo sofrido vem para cidade, por suas necessidades pessoais ficam abandonados pelos cantos de nossa cidade sem o mínimo de dignidade humana, ou seja, uma casa de apoio digna com água potável, com banheiros, cozinhas, lugares de repouso, gêneros alimentícios e muito mais. O sr. e seu prefeito já pensaram nisso? Isso sim é a verdadeira realidade, isso sim é a irresponsabilidade dos governantes desse município que até hoje só usaram de promessa com esse povo, que são os verdadeiros donos dessa terra. Agora vou dizer ao senhor outra realidade que tens que conhecer aqui no nosso município, eu estou tentando fazer o que ninguém nunca fez, por que sempre deixaram os governantes ao bel prazer roubando e saqueando a verdadeira realidade do nosso povo. Analise bem, não temos um banco nesta cidade, não temos internet de qualidade, não temos uma agricultura estruturada, não temos estradas vicinais, não temos energia na área rural, não temos expansão de rede elétrica na área urbana, não temos a verdadeira realidade compatível com o dinheiro repassado aos cofres públicos municipais. Inclusive o qual o seu prefeito Raimundinho era vereador, ou será que por ventura ele foi no mínimo conivente com essa verdadeira realidade que ele falou em tribuna que o município foi roubado e saqueado por secretários e governo. Oque o senhor acha dessa realidade?  Para colocar o sr. e o povo a par de uma desagradável realidade vou apresentar um pequeno relatório baseado no balancete analítico de consumo do segundo quadrimestre 2017 vejamos , foram gastos 400 mil reais com advogados, 300 mil reais com assessoria contábil , aproximadamente 2 milhões de reais em combustível em apenas seis meses, sendo que não foram recuperadas as estradas vicinais não tendo assim compatibilidade com esses gastos, 180 mil reais com auto peças e mais de 1 milhão de reais com portariados e comissionados por mês  ,ou seja , não prestando concurso público e assim muitas vezes tirando o direito de quem realmente tem capacidade, 3 milhões de reais em gêneros alimentícios, e outros consumos exagerados que estão sob investigação pelo MPE, o sr. conhece essa realidade? Será que tem compatibilidade para isso? Por que o povo ainda não conhece, mais vou à hora certa apresentar a verdadeira realidade a esse povo. E o sr tem todo o direito de citar meu nome em seus comentários mas me respeite, e não destorça meus pronunciamentos feito na tribuna da câmara, porque estou fazendo o meu trabalho quer o senhor goste ou não, e o sr. fazendo isso esta infringindo a lei. 

Parabenizo-lhe em citar os nomes dos meus nobres colegas, e por expor suas qualidades, posso lhe afirma temos uma câmara competente e não vamos decepcionar esse povo. 
FF - TODOS ATUANTES VEREADOR?
E quando o senhor fala do Acélio reforço os seus comentários, mas não vou deixar de fiscalizar os seus atos a frente dos trabalhos legislativos, como por exemplo, 120 mil reais  por ano, gastos com contabilidade e não temos contador na câmara, 57 mil reais de internet por ano, e não a temos de boa qualidade, 77 mil reais de publicidade por ano e não é compatível. Vai ser devolvida uma quantia de 700 mil reais para a prefeitura e não temos o prédio da câmara, somos obrigados a dividir gabinetes, acho isso uma grande incompetência administrativa e assim executando uma péssima realidade. 
Ao finalizar meu texto não tão lindo e brilhante quanto o seu, gostaria que o senhor colocasse a cabeça no travesseiro e analisasse o que falei. Estou fazendo o que ninguém nunca fez nesse município, e será que o sr. um homem digno,  temente a Deus e de bons exemplos não consegue ver isso? Posso afirmar a você e ao povo, que conheço sim a verdadeira realidade desse município, e vou fazer o possível e o impossível com a benção de Deus, para mudar essa triste realidade de corruptos e saqueadores que por ventura passaram por esse município. 

Um grande abraço 
Ver Silvinho do paco paco
 

18 de dez de 2017

VEREADORES DE JACAREACANGA APROVAM LEI ORÇAMENTÁRIA PARA 2018 DANDO UMA CORDA PARA O PREFEITO SE ENFORCAR

A Câmara Municipal de Jacareacanga, por maioria, ou seja 9 (nove) votos favoráveis e duas abstenções, (vereadora Ivânia e vereador Silvinho) os demais aprovaram o Projeto de Lei Orçamentária Anual para vigorar em 2018, autorizando o Prefeito a abrir créditos suplementares até o percentual de 70% (setenta por cento), do valor do total do orçamento.

As receitas para o Município de Jacareacanga em 2018 foi orçada em R$ 101.823.752,80 (cento e um milhões, oitocentos e vinte e três mil, setecentos e cinquenta e dois reais e oitenta centavos), que pela dedução da receita do FUNDEB, no valor de R$ 6.500.000,00 (seis milhões de quinhentos), então a receita foi orçada em R$ 96.923.452,80 (noventa e seis milhões, novecentos e vinte e três mil, quatrocentos e cinquenta e dois reais e oitenta centavos).

Diante dessa anomalia legislativa, não se sabe qual efetivamente é o valor da receita orçada para 2018, se R$ 101.823.752,80  ou  R$ 96.923.452,80 já que todas as fontes de recursos inclusive os oriundos do FUNDEB, por força de lei federal devem integrar a previsão orçamentária anual do Município.

Nota-se aí que há erros na lei, pois, logo na previsão orçamentária já consta deduções da verba do FUNDEB, como se ele não integrasse o orçamento do Município e o valor orçado está muito aquém do valor real que deveria constar na Lei Orçamentária a vigorar a partir de 1º de janeiro de 2018, pois, não há comprovação de queda de arrecadação, ao contrário, houve superávit

Mas este é um equívoco proposital, pois, se a receita está orçada em R$ 101.823.752,80 (cento e um milhões, oitocentos e vinte e três mil, setecentos e cinquenta e dois reais e oitenta centavos), o que certamente não haverá queda de arrecadação, sobrará ai exatos R$ 4.900.300,00 (quatro milhões, novecentos mil e trezentos reais), como se o Município não fosse arrecadar esse valor e dele não tivesse que prestar contas, ainda que do FUNDEB, cujas despesas constam também do orçamento.

No corrente ano, a receita foi orçada em R$ 100.754.927,99 (cem milhões, setecentos e cinquenta e quatro mil, novecentos e vinte e sete reais e noventa e nove centavos), diferente do valor que o Prefeito pretende para o exercício de 2018, ou seja R$ 96.923.452,80 (noventa e seis milhões, novecentos e vinte e três mil, quatrocentos e cinquenta e dois reais e oitenta centavos), como se tivesse havido déficit de arrecadação, o que não correu.

Como se sabe a Lei Orçamentária é uma previsão de Receita, cuja despesa deve a ela estar vinculada e ser elaborada conforme o comportamento de arrecadação do Município relativa ao exercício anterior, considerando inclusive os excessos e superávits de arrecadação.

Segundo o Art. 43, da Lei nº 4.320, de 17 de março de 1964, os créditos adicionais suplementares ou especiais somente podem ocorrer se houver recursos financeiros disponíveis para ocorrer a despesa e será precedida e exposição da justificativa.

Esses créditos podem decorrer do superávit financeiro apurado com base em Balancete do exercício anterior; por excesso de arrecadação ou resultante da anulação parcial ou total de dotações orçamentária; de créditos adicionais, autorizados em Lei ou operações de créditos previamente autorizadas.

Apesar destes requisitos legais, autorizar o Prefeito para que possa abrir créditos suplementares até o percentual de 70% (setenta por cento) do valor total do orçamento, significa lhe dar cheques em branco para que o mesmo possa gastar algo em torno de R$ 89.000.000,00 (oitenta e nove milhões de reais), sem a necessária autorização da Câmara.

Evidente que se considerado as diretrizes constante do Art. 43 da Lei de Finanças Pública, esses créditos suplementares somente podem ocorrer se houver superávit ou excesso de arrecadação. Mesmo assim, é uma temeridade autorizar que o Prefeito possa expedir Decretos de suplementações orçamentarias sem que se tenham noção do comportamento da arrecadação municipal.

Como aprovada a lei, com texto no mínimo inusitado, já que nunca se viu deduções de previsões de receitas, para fins de fixar o orçamento abaixo do valor que deveria contemplar todas as fontes de receitas, a Câmara de Vereadores deu um Talão de Cheques em branco, para o Prefeito fazer o que bem quiser.  

Porém, ele deve tomar cuidado, pois apesar de autorizado, as normas federais preveem outras situações e a supressão de receita em lei de autoria do próprio executivo pode configurar crime contra as finanças públicas.

As aberturas de créditos suplementares, ainda que autorizados pela Lei Orçamentária Anual, somente podem ser realizadas mediante lei especifica à luz do Art. 42 da Lei de Finanças Públicas, pois a administração pública não emerge de meras suposições de arrecadações, não podendo ela prever se haverá ou não superávit ou excesso de arrecadação no exercício, já que eventuais financiamentos igualmente somente podem ocorrer mediante autorização através de lei especifica.

O imbróglio criado com a Lei Orçamentária a vigorar a partir de 01 de janeiro de 2018 em Jacareacanga, somente o Poder Judiciário poderá dirimir e minimizar seus efeitos e até que ele se pronuncie, o Prefeito terá bons motivos para continuar na lambança que é a sua administração.

Da forma como foi aprovada a Lei Orçamentária Anual a vigorar no ano de 2018 em Jacareacanga, trará sérios prejuízos para área da educação, com a supressão de previsão da receita suficiente para atender à demanda, tendo sido maquiado no orçamento exatamente os R$ 4.900.300,00 (quatro milhões, novecentos mil e trezentos reais) como se o município não fosse arrecadar esse valor, não sabendo o leitor que esta foi uma saída mirabolante para cobrir os furos financeiros do presente exercício. POR: DOMINGOS BORGES DA SILVA
PEGA FOGO JACARÉ