quinta-feira, 30 de abril de 2015

LÍDER DO PT COBRA POSIÇÃO DE AÉCIO SOBRE “MASSACRE”

:
"Causa-me espécie o fato de que o novo paladino da luta dos trabalhadores, o defensor dos direitos da população trabalhadora brasileira, defensor-mor da democracia no Brasil, o candidato derrotado Aécio Neves, não veio hoje a esta tribuna, sequer ao Parlamento, para explicar o modus operandi do PSDB no que aconteceu ontem no Paraná", disparou o senador Humberto Costa (PT-PE), que classificou o episódio de "massacre"; senador Aloysio Nunes (PSDB-SP) defendeu a polícia e o governador tucano Beto Richa e disse que os PMs apenas impediram os manifestantes de entrar na Assembleia; segundo ele, movimentos sociais alinhados ao PT protagonizam situações piores
Pernambuco 247 - O líder do PT no Senado, Humberto Costa, classificou como um "massacre" os atos de violência protagonizados pela Polícia Militar do Paraná, durante confronto com professores na última quarta-feira (29). Cerca de 200 pessoas ficaram feridas e parte delas segue hospitalizada. "Gostaria aqui de expressar o meu mais profundo repúdio, do meu partido e da nossa bancada ao excesso de força da PM daquele Estado, governado pelo Sr. Beto Richa, do PSDB", disse o senador.
Humberto ainda cobrou uma postura crítica dos tucanos, em especial do senador Aécio Neves (PSDB-MG), em relação à condução de Beto Richa no episódio. "Aliás, causa-me espécie o fato de que o novo paladino da luta dos trabalhadores, o defensor dos direitos da população trabalhadora brasileira, defensor-mor da democracia no Brasil, o candidato derrotado Aécio Neves, não veio hoje a esta tribuna, sequer ao Parlamento, para explicar o modus operandi do PSDB no que aconteceu ontem no Paraná", ironizou.
O senador também alertou sobre a crise que vem vivendo aquele Estado. "O pagamento dos professores da rede estadual e a alteração do regime previdenciário da categoria caem como uma bomba sobre o novo discurso tucano de proteção dos trabalhadores. Como nunca foram reconhecidos por defender os direitos dos trabalhadores, e sim de grandes empresários e patrões, a contradição atual é interessante. Pasmem os senhores que a situação financeira no Paraná é tão grave que faltou dinheiro até para pagar as diárias dos policiais que estiveram de serviço ontem durante os protestos", denunciou o petista.
Segundo o líder do PT, faltou diálogo do gestor do PSDB com os professores. "O que vimos foi a utilização descabida e exagerada dos mecanismos de repressão contra um grupo de trabalhadores. Nós não somos favoráveis a tentativa de ocupar a Assembleia Legislativa, mas entendemos que não é da maneira como o Governo do Paraná enfrentou os grevistas que se deve construir o entendimento e construir a ação democrática do governo", avaliou.
O senador do PSDB paulista Aloysio Nunes rebateu o discurso do petista defendendo a Polícia Militar do Paraná e o governador Beto Richa. Segundo ele, os policiais apenas impediram os manifestantes de entrar na Assembleia, porque eles queriam impedir a votação. "A ideia de que vinham acompanhar a votação é conversa mole. Iam impedir a votação, ocupar os lugares na Assembleia, os lugares dos representantes do povo, para impedir que a sessão se realizasse", disse.
Ele comparou o episódio com outros protagonizados por movimentos ligados ao PT. "Eu penso, meu caríssimo líder do PT, que o seu partido é o menos autorizado para, entre todas as agremiações políticas, preconizar a prudência e a moderação, porque quando se trata de promover os interesses políticos do seu partido, por via dos chamados movimentos sociais, não há moderação, o que há é a tentativa de impor na marra os seus pontos de vista", declarou.
Ilustração Blog FARO FINO
ESSE É O REGRESSO  QUE O PSDB QUER PARA NOSSO PAÍS.
Comentários extraídos da internet sobre o tema em questão
FF- Esses são alguns dos comentários postados pelos internautas que ficaram indignados com o massacre contra a classe de professores.



RIDÍCULO RENAN SERIA DILMA COMPARTILHAR COM SUA TERCEIRIZAÇÃO ,
NO 1º DE MAIO.
FICOU BEM CLARO QUE ELA NÃO FAZ PARTE DESTA QUADRILHA DOS LATIFUNDIÁRIOS DO TRABALHOESCRAVO.COM VIDA O MORO, AÉCIO EA GLOBO.
GILSON O AÉCIO É SÓ UM LARANJA, O SAFADO ESTÁ´DENTRO DO JUDICIÁRIO, SENTADO EM CIMA DA LEI PRA ACABAR COM A CORRUPÇÃO.
ENQUANTO O BRASILEIRO NÃO SOUBER QUEM É O SAFADO, ELES VÃO NOS ENGANAR.COM LARANJAS COMO AÉCIO ,MORO, JOAQUIM,TIRIRICAS, ETC ,ETC ETC.
O BRASILEIRO QUE VOTA NO PSDB, AINDA NÃO SE DEU CONTA.
QUE O PSDB E UMA QUADRILHA QUE QUER VENDER O BRASIL. DESDE O GOV. DO FHC.QUANDO COMESSARAM VENDENDO A VALE, ESTE LAVA JATO NADA MAIS É O BRAÇO DO CRIME ORGANIZADO PRA QUEBRAR O PAIS,PRA PODER VENDER PREÇO DE SUCATA. JÁ CAUSOU 30 MIL DESEMPREGADOS.
QUEBRANDO OS AGIOTAS COMPRAM TUDO.
E A FINALIDADE E FAZER DO BRASIL UMA COLÔNIA DOS EUA. PRA TER MÃO DE OBRA BARATA.
POR ISSO QUE ELES NÃO INVESTE NA EDUCAÇÃO. SÓ QUER BRAÇOS SEM CÉREBROS. PRO TRABALHO ESCRAVO, E A CAMARÁ EO SENADO FOI REFORÇADO COM DINHEIRO DE FORA PRA O CUNHA COMPRAR ,300 ACOCHADORES PRA APROVAR TUDO QUE O LATIFUNDIÁRIOS QUISER
RENAN E CUNHA ESTÁ COM O PSDB E NÃO ESTÁ COM O P.T.LOBO COM PELE DE OVELHA E A

Agora tudo esta tão claro que não há como negar!!! esta declaração do Sr. Aloysio Nunes mostra claramente que o mesmo é contra uma educação digna de qualidade para o povo brasileiro. Mostra claramente que o Sr. Aloysio Nunes é mais um inimigo dos professores pois, estes teimam em querer educar o povo brasileiro coisa que eles e políticos iguais a ele não querem . Já imaginou que pesadelo para o sr se a maioria do povo brasileiro tivesse uma educação de qualidade e conseguissem fazer um análise crítica dos políticos brasileiros??? Seria terrível para o sr. não Aloysio Nunes??? Indivíduos com o seu caráter jamais alcançaria um cargo público. Que vergonha senador!!! Um senador brasileiro contra a educação do seu povo!!!

Maria Gorett de Almeida ·
Se todos são professores, ou se tem apoiadores e simpatizantes da greve, isso é problema deles. Eles podem aceitar apoio de quem quiserem. O problema é que quando chegaram, encontraram milhares de policiais armados e alguns com cães da raça Pitybull. Que recepçãofoi essa, para professores de carreira, que já deram aulas, inclusive para politicos, policiais e seus filhos. Cai na real. Tudo o que os professores buscavam era uma contra proposta e acompanhar a votação na ALEP. Abre essa mente. Tenta entender a gravidade dos fatos. Cade a negociação com a classe trabalhadora? Agora quem tem dificuldades no trabalho, salario defasado e um governo querendo confiscar o dinheiro da previdencia, tem que ficar calado e aceitar?i

Eliseu Santana
NÃO SE SABE A RAZÃO, NOS DEIXAMOS SER COMANDADOS PELA BANDIDA REDE GLOBO. O DESENVOLVIMENTO DO BRASIL PASSA PELA DESTRUIÇÃO DA GLOBO.

Elizabete Rodrigues Oliveira Mathieu · 
Fala Aécio fala.... Sou professora e os professores do Paraná, assim como toda a sociedade, estão esperando suas declarações sobre o comportamento do governo tucano do Paraná. Acho que o PSDB está começando a instalar a ditadura militar no Paraná. Solidariedade aos colegas professores do Paraná. Fala Aécio fala... ou está envergonhado do seu tucanato?

quarta-feira, 29 de abril de 2015

Cada um com sua mania.


Eu estava passando na rua e vi um doido subindo num poste. 
E perguntei: Porquê você tá subindo ai? 
O doido disse: Vou comer goiaba! 
Eu disse: Isso é um poste, não é pé de goiaba doidão! 
O doido respondeu: 
A goiaba tá no meu bolso eu como onde eu quiser!

Brasil intensificará esforços pelo fim da pena de morte no mundo » Blog do Planalto

“Brasil participou de iniciativa da Austrália para oferecer à Indonésia uma cooperação internacional, mais efetiva no combate ao tráfico de drogas do que a execução”, afirmou o embaixador Danese. Foto: Renan Carvalhais/PR
O governo brasileiro vai intensificar seu empenho, perante os organismos internacionais, pela abolição da pena de morte no mundo. A informação foi dada pelo secretário-geral do Ministério das Relações Exteriores, Sérgio França Danese, após ler a nota do governo brasileiro sobre a execução de Rodrigo Muxfeldt Gularte, ocorrida nesta terça-feira (28), na Indonésia.
Em entrevista coletiva à imprensa, Danese destacou que é a execução de um segundo brasileiro representa um “fato grave” para as relações entre os dois países. Ele lembrou ainda os esforços empenhados pelo governo brasileiro pela comutação da pena de Gularte, que chegou a encaminhar sete correspondências ao governo de Jacarta com esse objetivo. A própria presidentaDilma realizou um apelo humanitário em telefonema dado ao presidente indonésio, Joko Widodo, relatou.
O embaixador ainda enfatizou que Brasil atuou em parceria com outros países que tinham cidadãos na mesma situação, além de fazer apelos ao Vaticano e à Secretaria-Geral das Nações Unidas pela reversão da pena.
“O Brasil atuou em ações conjuntas com outros países que tinham nacionais na mesma situação e participou de uma iniciativa, originada pela Austrália, para oferecer ao governo da Indonésia uma cooperação internacional, que acreditamos que seria muito mais efetiva no combate ao consumo e ao tráfico de drogas do que a execução pura e simples dos condenados”, ponderou o embaixador.
Segundo o Itamaraty, o corpo de réu será enterrado no Brasil por decisão da família. Em nota divulgada à imprensa, o governo brasileiro lamentou profundamente o episódio e transmitiu solidariedade à família de Gularte.
Histórico 
Rodrigo Gularte foi condenado à pena de morte pelo crime de tráfico de drogas por ter sido flagrado ao entrar na Indonésia com seis quilos de cocaína dentro de uma prancha de surf, em 2004. Desde então, o Itamaraty fazia um acompanhamento próximo do condenado, buscando a reversão da pena, alegando, sobretudo, aspectos humanitários e o quadro psiquiátrico do brasileiro que, segundo exames realizadas na própria Indonésia, sofria de esquizofrenia. http://www.blogdilmabr.com/

terça-feira, 28 de abril de 2015

O MITO PAGANDO MICO! - A farra acabou: Aécio e Anastásia serão alvos de várias CPI's em 2015

2015 promete ser o começo de uma grande dor de cabeça para os tucanos, documentos descobertos serão enviados ao MP
O ano de 2015 promete ser o início de uma forte dor de cabeça para o senador Aécio Neves (PSDB-MG). Várias Comissões Parlamentares de Inquéritos (CPIs) estão na mira da antiga oposição da Assembleia Legislativa para investigar tanto a gestão do parlamentar mineiro, que governou Minas de 2003 a 2010, como a do seu correligionário e sucessor, Antonio Anastasia, eleito senador neste ano.
“Durante esses 12 anos de governo (do PSDB) em Minas, a oposição foi impedida de instalar CPIs. Havia boicotes”, dispara o deputado estadual Rogério Correia (PT), reeleito para o seu quarto mandato na Assembleia de Minas Gerais, com 72.413 votos.
A CPI de Repasses Educacionais é uma das que está na lista dos oposicionistas. Com base em cálculos do Tribunal de Contas do Estado (TCE), o deputado afirma que há uma defasagem de R$ 8 bilhões em recursos que deveriam de sido aplicados na área nos 12 anos de governo tucano em Minas.
“Jamais aplicaram o mínimo de 25% como determina a legislação”, diz Correia ao Minas 247. De acordo com o parlamentar, se for instalada, a CPI da Saúde também investigará uma defasagem em torno de R$ 8 bilhões no setor.
Outra CPI envolve um parente de Aécio, conforme o deputado, a da Construção da Cidade Administrativa Presidente Tancredo Neves, sede do governo mineiro, entregue em 2010. O deputado informa que a obra teve um custo de R$ 600 milhões, porém a despesa final alcançou R$ 1,2 bilhão, o dobro do valor inicial.
Segundo o petista, a Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig) foi a responsável pela obra, que era presidida por um parente de Aécio chamado Oswaldo Borges da Costa. “Ele preside a Codemig desde que Aécio entrou (no governo)”, complementa. Ainda referindo-se à Codemig, o parlamentar afirma que será investigada a extração de um minério conhecido como NIóbio feita sem licitação.

CPIs do Mineirão e Cemig
Nem mesmo o Mineirão, um dos estádio sede da Copa do Mundo ficou de fora da lista de CPIs por parte dos antigos oposicionistas, que agora compõem a base aliada do governador eleito de Minas, o ex-ministro Fernando Pimentel (PT).
Correia diz que, de acordo com contrato entre o governo mineiro e o consórcio Minas Arena, responsável pelo gerenciamento do estádio, o consórcio deve atingir um lucro de R$ 7 milhões com a manutenção da arena.
“No ano passado (2014), o governo desembolsou cerca de R$ 50 milhões só para o lucro do consórcio. Tira dinheiro público para sustentar o lucro da empresa”, denuncia o parlamentar. O deputado aponta, ainda, superfaturamento nas obras.
Em relação à Companhia Energética de Minas Gerias (Cemig), Correia afrima que atualmente a empresa é controlada pela Andrade Gutierrez (a mesma envolvida na Operação Lava Jato, da Polícia Federal). “A Andrade, embora tenha participação minoritária, tem um mando, no mínimo, estranho”, complementa.
Rádio Arco-Ìris e IPSEMG
Outra CPI citada pelo deputado, que pode ser instalada, é a das Verbas Publicitárias. Parlamentares da Assembleia de Minas pretendem investigar a doação de verba publicitária para a Rádio Arco-Íris, da qual Aécio é proprietário, bem como sua irmã, Andrea Neves. Vale ressaltar que, em 2012, o Ministério Público (MP-MG) instaurou um inquérito civil com o objetivo de apurar os repasses feitos ao veículo entre 2003 e 2010.
A ligação de Aécio com a emissora veio à tona em abril de 2011, quando o senador mineiro se recusou a fazer o testo do bafômetro depois de ser parado em uma blitz da Lei Seca no Rio de Janeiro. O parlamentar, que foi multado em R$ 1.149,24, teve a carteira de habilitação (vencida) apreendida.
O senador tucano dirigia uma Land Rover de placa HMA-1003, comprado em novembro de 2010 em nome da emissora, detentora de uma franquia da Rádio Jovem Pan FM em Belo Horizonte.
Em nota, a assessoria de Aécio negou que a rádio tenha recebido patrocínios durante a gestão do tucano. De acordo com a assessoria do senador, foram utilizados critérios técnicos na escolha das rádios que receberiam verbas publicitárias e negou interferência de Andrea no direcionamento de recursos – ela foi coordenadora do Núcleo Gestor de Comunicação Social do Executivo, órgão responsável por controlar gastos do governo com comunicação.
O deputado do PT menciona, também, o Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais (IPSEMG) como um dos possíveis alvos de investigações. Sem maiores detalhes, Correia diz que recursos foram retirados do instituto para o caixa único do governo. O valor seria cerca de R$ 250 milhões.
Em novembro passado, o governo mineiro informou, em nota, que o decreto referente à medida “apenas” regulamenta a transferência dos recursos de uma conta bancária para outra, e comprometerá o orçamento destinado à assistência médica dos servidores por meio do Ipsemg. “O dinheiro do Ipsemg é o único, dentre os órgãos públicos, que não está no caixa único do Estado. O decreto apenas regulamenta a transferência do dinheiro, que será feita aos poucos”.
Conforme a nota, o caixa único pode aumentar os rendimentos dos recursos do instituto de previdência dos servidores. “O caixa único do Estado tem mais dinheiro do que o fundo usado para a assistência médica. Dessa forma, os rendimentos são maiores também, o que pode garantir mais dinheiro para o Ipsemg e mais benefícios para o servidor”.
Aeroporto de Claudio
Talvez o caso mais conhecido acerca de possíveis investigações contra Aécio, o aeroporto de Claudio, município do interior mineiro. Conforme denúncia da Folha, em matéria publicada em julho do ano passado, o tucano cometeu ato de improbidade administrativa ao utilizar R$ 14 milhões de recursos públicos para construir um aeroporto, em uma área desapropriada que pertencia ao seu tio-avô.
Também no mês de julho, em artigo enviado para a Folha, Aécio afirmou que, “se algum equívoco houve, certamente eu posso reconhecer e não ter me preocupado em examinar em que estágio o processo de homologação está”. “Este é um equívoco e eu quero reconhecer. O MP-MG abriu investigação sobre o caso.
O parlamentar informa que o início dos trabalhos e a ordem das instalações das CPIs na Assembleia ainda serão definidos.
Ataques a Aécio
Questionado sobre a atuação de Aécio durante a campanha presidencial, o deputado Rogério Correia foi taxativo: “Minas derrotou Aécio. Isso diz tudo. Mostrou ao Brasil que onde ele governava não se confia, tanto do ponto de vista moral e ético como administrativo”, alfinetou. No primeiro turno da eleição, a presidente Dilma Rousseff (PT) venceu Aécio em Minas por 43% dos votos válidos contra 39% do senador. No segundo turno, a petista também ficou na frente (52,41% a 47,49%).
“É um senador nota zero”, cutuca o deputado, em referência à nota da revista Veja atribuída ao senador (veja aqui). Ao explicar a nota dada ao tucano, a revista disse que o senador foi afetado pela campanha presidencial, que teria provocado seu afastamento das atividades parlamentares (confira aqui). “A pior revista do Brasil dá nota zero ao pior senador”, acrescenta Correia.
Para o deputado, Aécio “se sustentou no antipetismo”. “Se não fosse isso, ele teria tomada uma ‘balaiada’ da Dilma”, afirma Correia. Dilma venceu a eleição, em segundo turno, por 51,64% a 48,36%. “Com a vitória de (Fernando) Pimentel, vamos mostrar o que de fato foi governo Aécio em Minas”.

segunda-feira, 27 de abril de 2015

Resgate continua, e número de mortos passa de 3.600 no Nepal

O número de mortos do terremoto no Nepal passou de 3.600 na manhã desta segunda-feira (27/04), segundo o mais recentes balanços das autoridades do país asiático e de países vizinhos afetados. Há ainda mais de 6.500 feridos só no Nepal.
Conforme dados da polícia, o número oficial de mortos no Nepal é de 3.617. Há ainda mais 18 pessoas que morreram numa avalanche no monte Everest. Cerca de 90 pessoas morreram em países vizinhos, incluindo a China e a Índia, devido ao sismo de magnitude 7,9 na escala Richter que devastou a região nepalesa conhecida como Vale Central, na encosta da Cordilheira do Himalaia, no sábado.
A tendência é que o número de vítimas aumente ainda mais, à medida que as equipes de resgate cheguem a localidades isoladas nas montanhas. Uma autoridade do governo distrital de Gorkha disse que há vilarejos onde 70% das casas foram destruídas. Segundo ele, somente neste distrito há 223 pessoas mortas, mas o número deve subir porque há milhares de feridos.
O terremoto devastou a região entre a capital Katmandu e a cidade de Pokhara, além de dar início a uma avalanche no monte Everest, que soterrou parte de um acampamento de alpinistas estrangeiros que se preparavam para escalar a montanha mais alta do mundo. A avalanche foi registrada em vídeo por um dos alpinistas.
Além do resgate de vítimas, a prioridade do governo do Nepal é reabrir estradas no Vale Central e recuperar o sistema de eletricidade. Segundo o chefe da Secretaria do Executivo do Nepal, Leela Mani Poudyal, o governo mobilizou todos os recursos para ajudar a população. Poudyal afirmou que 15 helicópteros se deslocam a diferentes pontos do Vale Central, que sofreu os maiores efeitos do sismo.
A companhia de eletricidade do Nepal confirmou à agência de notícias Efe que já conseguiu restabelecer 75% do fornecimento de energia e espera chegar aos 85% no final da tarde desta segunda-feira. As comunicações telefônicas continuam gravemente afetadas depois que uma réplica do abalo de sábado, de magnitude 6,7, atingiu o país no domingo.
Milhares de pessoas dormiram em barracas pela segunda noite consecutiva, algumas delas por terem suas residências destruídas, outras por temerem voltar para casa por causa das réplicas do terremoto.
Ajuda internacional
A Comissão Europeia aprovou ajuda inicial de 3 milhões de euros ao Nepal. O dinheiro deverá ser parte adicional do apoio que os Estados-membros da União Europeia estão prestando ao país, afirmou a Comissão neste domingo em Bruxelas.
Ainda neste domingo, 52 especialistas alemães da organização Isar Germany, especializada na busca de vítimas de terremotos, partiram para o Nepal para ajudar no resgate de pessoas soterradas. A China também enviou 62 especialistas com cães farejadores para o país e anunciou que deverá enviar médicos e soldados esta semana.
Nesta segunda-feira, a Cruz Vermelha da Alemanha vai enviar um avião com 60 toneladas de barracas, cobertores, artigos de higiene e outros materiais de ajuda para o Nepal. O voo financiado pelo Ministério do Exterior da Alemanha também deverá transportar equipamento para o tratamento de água potável para a região atingida pela catástrofe.
Austrália e Nova Zelândia também disponibilizaram 4,5 milhões de dólares. A Índia mandou dois aviões militares para a retirada de seus próprios cidadãos, enviando também 13 aviões com material de ajuda. A Coreia do Sul anunciou o envio de uma equipe de busca e resgate e uma doação inicial de 1 milhão de dólares. Japão, Paquistão e Israel também estão prestando apoio.
O terremoto do sábado foi o pior a atingir o Nepal em mais de 80 anos. O abalo foi tão forte que pôde ser sentido na Índia, em Bangladesh, no Tibete e no Paquistão. O pior terremoto já registrado na história do Nepal, com magnitude 8 na escala Richter, aconteceu em 1934.

Avião do futuro teria três andares e emissão zero de carbono


Avião do futuro teria três andares e emissão zero de carbono

Em 2030, fazer viagens aéreas pode ser uma experiência muito diferente da que vivemos atualmente.
Algumas empresas já pensaram no avião "sem janelas", para um voo com uma vista panorâmica; outras investem no máximo do luxo, como a Singapure Airlines. Já o designer Oscar Viñals pensou em uma aeronave do futuro com emissão zero de carbono e que produziria sua própria energia enquanto está no ar. Com três andares e capacidade para cerca de 800 passageiros, ela recebeu o nome de AWWA Progress Eagle.
O transporte futurista representaria uma revolução na aviação. Em vez de usar combustíveis fósseis, que poluem o meio ambiente, o "avião do futuro" teria seis motores de hidrogênio, um motor traseiro com energia eólica e painéis solares. Suas asas também teriam um formato diferenciado com um design que as deixaria mais leve, para facilitar o voo. Dessa forma, a aeronave seria ecológica e, devido aos motores de alta tecnologia, seria 75% mais silenciosa do que as aeronaves tradicionais.
Outra característica desse avião é que ele teria uma estrutura bem maior do que as tradicionais. A maior aeronave do mundo, o Airbus 380, apesar de ter projetos para aumentar seu número de assentos para 544 poltronas em 2017, não chegaria aos pés da AWWA Progress Eagle. Esta teria cerca de 800 lugares distribuídos em três andares, com quartos privados, lojas e restaurantes. Dessa forma, o voo ficaria bem mais agradável e menos estressante. Para complementar, seria criada uma nova classe na parte frontal da aeronave chamada de "classe piloto". Nela os passageiros poderiam viajar com um visual panorâmico.
Apesar de ser uma ideia inovadora, apenas 40% da tecnologia necessária para fabricar o projeto está disponível. Seria preciso utilizar células solares quânticas, micro captadores de ondas de rádio e nanofios para a energia cinética; que existem, porém, só nos melhores laboratórios e em quantidades reduzidas. Enquanto o avião não é fabricado, os viajantes que quiserem uma experiência diferente podem voar na aeronave com a temática do Star Wars ou na Icelandair, com uma iluminação que imita a Aurora Boreal.
Na Foto: o AWWA Progress Eagle foi projetado pelo designer Oscar Viñals.

domingo, 26 de abril de 2015

MANIFESTANTES JOGAM TINTA VERMELHA NA GLOBO EM BRASÍLIA

O Levante Popular da Juventude jogou tinta vermelha na sede da Globo em Brasília, em referência ao sangue de brasileiros derramado pela ditadura; o ato em Brasília contou com a participação de 500 pessoas, com apoio do MST, do movimento democratização da comunicação, diversos sindicatos e entidades estudantis. 

Brasília 247 - O Levante Popular da Juventude jogou tinta vermelha na sede da Globo em Brasília, em referência ao sangue de brasileiros derramado pela Ditadura, que a emissora apoiou politicamente, deu sustentação ideológica e da qual ganhou benefícios econômicos.

O ato em Brasília contou com a participação de 500 pessoas, com apoio do MST, do movimento democratização da comunicação, diversos sindicatos e entidades estudantis.

O dia 26 de abril, dia do aniversário de 50 anos do grupo de mídia, é marcado por atos em todo o país contra o Império da Globo.

"A verdade é dura, a Rede Globo apoiou a ditadura!", era o principal grito de ordem dos manifestantes. Nas redes sociais, foram difundidas as hashtags ‪#‎globogolpista50anos‬ e ‪#‎globo50anus.


FF - Será que os Jornais Globais irão noticiar essas manifestações contra eles, já que eles são bons em apoiar manifestações pelo País a fora contra o governo em defesa da volta da ditadura no Brasil. 

Pimenta malagueta no olho dos outros é refresco!

É pra frente que se anda, voltar pra trás o Brasil não quer!

quarta-feira, 22 de abril de 2015

Chuva de meteoros atinge a Terra nesta quarta e poderá ser vista no país

Fenômeno chamado de Liríadas atinge ápice a partir da 0h desta quinta.

A previsão é que entre 10 e 20 meteoros atinjam a atmosfera terrestre.
Uma chuva de meteoros está prevista para atingir seu ápice entre a noite desta quarta-feira (22) e o início da madrugada de quinta (23) e deve proporcionar uma visão espetacular do fenômeno em várias partes do planeta – inclusive no Brasil.
De acordo com a agência espacial americana, a Nasa, a chuva de meteoros chamada de Liríadas (pois irradia da constelação de Lira) poderá ser vista de forma intensa depois da 0h desta quinta no Hemisfério Sul (de qualquer parte do Brasil). Para quem está no Hemisfério Norte, basta olhar para o céu a partir das 22h30 de quarta.
A previsão é que entre 10 e 20 meteoros atinjam a atmosfera terrestre a cada hora. Mas atenção: só será possível enxergar o fenômeno sem a ajuda de telescópio em locais onde o céu não estiver encoberto e distantes de luzes artificiais urbanas.
O observatório Slooh, localizado nas Ilhas Canárias, no meio do Oceano Atlântico, vai transmitir a Liríadas pela internet.
'Estrela cadente'
Meteoros são pequenos corpos celestes que se deslocam no espaço e entram na atmosfera da Terra, queimando parcialmente ou totalmente devido ao atrito com a atmosfera terrestre e ao contato com o oxigênio. Este fenômeno deixa um risco luminoso no céu, popularmente conhecido como “estrela cadente”.

De acordo com o Observatório Nacional, instituto de pesquisa do país que trabalha nas áreas de astronomia, geofísica e metrologia, uma chuva de meteoros acontece quando a Terra cruza a órbita de algum cometa, fazendo com que pequenos fragmentos deste corpo celeste saiam de sua rota já traçada e penetrem a atmosfera terrestre. Do G1, em São Paulo
Imagem da chuva de meteoros Perseidas registrada sobre Stonehenge, na planície de Salisbury, ao sul da Inglaterra. Enquanto a Liríadas produz, em média, de 15 a 20 meteoros por hora, a Perseidas tem cerca de 60 meteoros por hora (Foto: Doherty Kieran / Reuters)

domingo, 19 de abril de 2015

DILMA PUBLICA DECRETO DE HOMOLOGAÇÃO DE TERRAS INDÍGENAS E ABRE CONCURSO PARA FUNAI

O governo federal homologa na próxima segunda-feira (20), por meio de decreto da presidenta Dilma Rousseff, três terras indígenas na região norte do país, que totalizam 232.544 hectares, e atendem a reivindicação de quatro etnias, nos estados doAmazonas e Pará.
A terra indígena Arara da Volta Grande do Xingu, habitada por povos Arara e Juruna, tem 25,5 mil hectares e está localizada no município de Senador José Porfírio (PA). Está inserida nos procedimentos de licenciamento da Usina de Belo Monte.
A terra indígena Mapari, no Amazonas, está localizada nos municípios de Fonte Boa, Japurá e Tonantins. É a maior das três novas reservas, com 157.246 hectares, e é habitada por índios kaixana.
Ocupando territórios dos municípios de Borba e Novo Aripuanã (AM), a terra indígena Setemã atende a reivindicação de índios mura. Possui área de 49.773 hectares.
Nesta semana, o governo federal recebeu representantes da Articulação Nacional dos Povos Indígenas, e o ministro da secretaria-geral da Presidência, Miguel Rossetto, reafirmou o compromisso com os direitos dos  povos indígenas.
Cargos na Funai
Ministério do Planejamento deve publicar na quarta-feira (22) autorização para o provimento de 220 cargos para agentes da Fundação Nacional do Índio (Funai).

sexta-feira, 17 de abril de 2015

Com crise na China, mastins tibetanos quase vão parar em matadouro

RIO - Na China, onde os endinheirados não se incomodam de alardear a sua condição financeira, ter um mastim tibetano era mais um sinal de status. Um cão da raça podia facilmente custar US$ 200 mil, mas a moda dos grandes cachorros peludos naturais do Himalaia parece ter passado.
Entre os luxos eliminados pelos chineses estão os mastins tibetanos. No começo do ano, um caminhão com 150 cães da raça seguia para um abatedouro, onde eles valem bem menos do que os donos pagaram por eles: cerca de US$ 5 por cabeça para serem transformados em ingrediente de receitas culinárias, imitação de couro e até linha para costurar luvas. Estes 150 só não chegaram ao destino graças à intervenção de ativistas dos direitos dos animais.Com os ricaços afetados seja pela desaceleração da economia chinesa seja pela campanha de austeridade que vem sendo promovida pelo governo, o consumo de luxo tem sido cada vez mais deixado de lado, de acordo com reportagem do "New York Times".
CACHORROS FAZEM FACELIFT
Ainda conforme a reportagem, um mastim tibetano teria sido vendido, há quatro anos, por US$ 1,6 milhão, mas não há confirmação do negócio, e especialistas dizem que os compradores estariam dispostos a pagar até mais de US$ 250 mil por um exemplar premium.
A situação agora é bem diferente, e os criadores passam por maus bocados. Com a demanda em baixa, os preços despencaram, e mesmo cães com a aparência mais "desejável" (aqueles com pelagem similar à juba de um leão) são vendidos por preços ínfimos em relação ao auge: US$ 2 mil.
Há criadores que pensam em desistir do negócio, dado o alto custo para manter os cachorros. Um deles contou ao NYT que gasta de US$ 50 a US$ 60 por dia para alimentar apenas um dos cães.
No auge da mania por mastins, alguns criadores chegavam a recorrer a cirurgias plásticas como implantes de silicone e até facelift para deixar os cães mais atraentes para compradores e para os donos de outros cachorros que tivessem interesse em cruzar os animais.
© 1996 - 2015. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização. 

quinta-feira, 16 de abril de 2015

Estudante confecciona notas falsas no interior de Pernambuco

O estudante Tiago Tavares de Lima, de 24 anos, foi preso na cidade de Gravatá, a 85 km do Recife, suspeito de colocar em circulação cédulas falsas no comércio do município. A prisão foi feita pelos policiais militares da Companhia Independente de Polícia Militar, na noite desta quarta-feira (15).
Segundo informações da Polícia, na casa do estudante foram encontrados um computador com várias matrizes de impressões, livros com várias notas falsas coladas e uma impressora. Ainda segundo segundo os policiais, para não chamar atenção ele optava por imprimir notas de R$ 2, R$ 5 e R$ 10.
 Foto: Polícia Federal / Divulgação
Em depoimento, Tiago Tavares disse que se inspirou no filme “O Homem que Copiava” (do cineasta gaúcho Jorge Furtado) para praticar o crime. Ele contou ainda que comprou um drone para o sobrinho, mas a Polícia acredita que ele usava o equipamento para monitorar a presença de policiais nas proximidades da casa dele.
 Foto: Polícia Federal / Divulgação
Tiago Tavares foi encaminhado para a sede da Polícia Federal no Recife, onde foi autuado por fabricar e guardar moeda falsa. Caso seja condenado, ele poderá pegar penas que variam de três a 18 anos de prisão. Após a autuação, o estudante foi encaminhado para o Centro de Triagem e Observação Professor Everardo Luna (Cotel), no Grande Recife, onde ficará à disposição da Justiça Federal.
Com essa apreensão, a Polícia Federal em Pernambuco já contabiliza um volume de notas falsas superior ao de 2014. Este ano já foram apreendidos no Estado R$ 11.705, 00. Dez pessoas foram presas. por Ana Lima Freitas -http://noticias.terra.com.br/ 

Criminoso, que disse ter se inspirado no filme "O Homem que Copiava", imprimia notas de R$ 2, R$ 5 e R$ 10 para não chamar a atenção 

quarta-feira, 15 de abril de 2015

Gisele Bündchen chora em despedida: "me senti muito querida"

A top deixou o desfile visivelmente emocionada e recebeu homenagem de tops veteranas

A tão aguardada despedida de Gisele Bündchen das passarelas aconteceu carregada de emoção, na noite desta quinta-feira (15), no São Paulo Fashion Week .
A modelo abriu o desfile da Colcci usando um vestido branco e rodado, e causou comoção no público ao surgir, sorridente. Em sua segunda e última entrada, usava um modelo bicolor, branco e laranja, e deixou a passarela visivelmente emocionada. "Me senti muito querida. Obrigada pelo carinho", disse, imediatamente após retornar ao backstage.
Além da despedida, Gisele se referia à homenagem prestada pelas demais tops veteranas ao final do desfile. Elas usavam camisetas estampadas com fotos da modelo e a receberam para um abraço coletivo final. 
A top disse ainda que é “uma honra terminar onde tudo começou”, e ressaltou que ela mesma fez questão de convidar amigas para o desfile, como Carol Bittencourt e Fernanda Tavares.
Os filhos de Gisele não estavam presentes, mas o pai, a mãe, as irmãs e o marido, Tom Brady, acompanharam tudo da primeira fila.
A ubber model ocupou três camarins em seu último desfile da carreira; um ficou com o marido, outro com as amigas e o terceiro com o pessoal da marca.
No dela, alguns pedidos especiais, mas nada muito complexo; água de coco, suco verde, plantas, flores e aromatizante de lavanda.

Pela FÉ

Pela FÉ

De ponta a ponta ligado com o Mundo!

De ponta a ponta ligado com o Mundo!
FORUM PERMANENTE DE DEBATES Eis minha intenção em criar este espaço; as matérias que forem publicadas no FARO FINO, se produzirem comentários serão respondidas respeitando a opinião dos leitores. Todos os comentários devidamente assinados serão considerados e publicados, desde que não exponha a moralidade de pessoas. Evidentemente que comentários imorais ou que visem ridicularizar, humilhar pessoas também serão descartados.

Muitas vezes por sermos homens de projeção publica, posamos de vidraças, e as pedras dos insensatos, de longe são atiradas, mesmo não querendo o FARO FINO para essa finalidade, também posso ser pedra de estilingue, ou até a funda que Davi usou para tirar de orbita o gigante Golias.