sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

Prefeito Raulien Queiroz recebe executivo da Hidrelétrica São Manoel e pede atenção especial nas pactuações com Jacareacanga

O prefeito Raulien Queiroz esteve reunido na manhã desta quarta-feira (04/02) em seu gabinete com o gerente executivo de meio ambiente da Empresa de Energia São Manoel-EESM, Juhei Muramoto. Na reunião também estiveram presentes os vereadores Edileuza Viana e Jerson Mourão, além do secretariado municipal.

A pauta da reunião foi para discutir sobre o investimento financeiro que será firmado através de um termo de compromisso entre a EESM e a Prefeitura de Jacareacanga. De acordo com Muramoto o aporte de recursos para mitigar impactos faz parte de um compromisso firmado entre da São Manoel com o Governo Federal. “Uma das exigências para o licenciamento ambiental prevê que o empreendedor reserve recursos financeiros com fins de mitigação para impactos nas áreas social, de educação e de saúde”, disse o representante da EESM. “De nossa parte vamos trazer para Jacareacanga o máximo de recursos previstos no licenciamento ambiental”, reforçou Muramoto sem, no entanto, mencionar o valor máximo disposto para Jacareacanga. “Para a comunidade Gleba São Manoel já temos comtemplados uma escola, um posto de saúde, além de uma patrulha mecanizada”, disse o executivo da EESM.
Para o prefeito Raulien Queiroz, o município está atento quanto à pactuação a ser firmada. Queiroz lembrou que a Companhia Hidrelétrica Teles Pires-CHTP não honrou o compromisso firmado em investir na estruturação da comunidade Gleba São Manoel, localizada no município de Jacareacanga na divisa do Pará com o Mato Grosso. “Não vamos cair no mesmo erro. Em 2013 foi realizada uma audiência pública promovida pelo governo federal sobre a Hidrelétrica São Manoel, na oportunidade elencamos algumas condicionantes entre elas energia de qualidade, saneamento básico, asfaltamento de nossas ruas, entre outras políticas públicas”, lembrou o prefeito. “Não queremos receber nenhum valor em espécie da Empresa de Energia São Manoel, queremos sim, receber equipamentos, ferramentas e políticas públicas para que todos os jacareacanguenses possam usufruir daquilo que é nosso por direito”, disse Raulien Queiroz, acrescentando que técnicos da prefeitura estariam entregando ao representante da EESM proposta na ordem de 20 milhões de reais, recursos que serão desdobrados em saneamento, pavimentação e obras públicas.
A Empresa de Energia São Manoel – EESM é responsável pela construção da Usina Hidrelétrica (UHE) São Manoel e é constituída pelos acionistas EDP BRASIL S.A., Furnas Centrais Elétricas e China Three Gorges Corporation – CTG, assumiu o compromisso de construir o empreendimento em 48 meses a um custo de R$ 2,2 bilhões. O Aproveitamento Hidrelétrico São Manoel está localizado no curso médio do rio Teles Pires, na divisa entre os estados de Mato Grosso e do Pará, nos municípios de Paranaíta, no Mato Grosso, e Jacareacanga, no Pará. Com capacidade instalada de 700MW, disponibilizará no Sistema Interligado Nacional (SIN) energia suficiente para atender uma população de cerca 2,5 milhões de pessoas, suficiente para abastecer  sozinha, cerca de 4 vezes a cidade de Cuiabá e 1 vez e meia a cidade de Belém.Texto e fotos Nonato Silva/ASCOM-PMJ

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja prudente em seus comentários, agradeço sua visita.

Pela FÉ

Pela FÉ

De ponta a ponta ligado com o Mundo!

De ponta a ponta ligado com o Mundo!
FORUM PERMANENTE DE DEBATES Eis minha intenção em criar este espaço; as matérias que forem publicadas no FARO FINO, se produzirem comentários serão respondidas respeitando a opinião dos leitores. Todos os comentários devidamente assinados serão considerados e publicados, desde que não exponha a moralidade de pessoas. Evidentemente que comentários imorais ou que visem ridicularizar, humilhar pessoas também serão descartados.

Muitas vezes por sermos homens de projeção publica, posamos de vidraças, e as pedras dos insensatos, de longe são atiradas, mesmo não querendo o FARO FINO para essa finalidade, também posso ser pedra de estilingue, ou até a funda que Davi usou para tirar de orbita o gigante Golias.