quarta-feira, 12 de novembro de 2014

De topless, modelos 'plus size' fazem protesto contra a 'gordofobia' em frente ao Congresso

Modelos "plus size" protestam de topless em frente ao Congresso Nacional, em BrasíliaSua pesquisa por DE SÃO PAULO Um protesto insólito chamou a atenção de quem frequentava as cercanias do Congresso Nacional, em Brasília. Por volta das 14h, quatro modelos "plus size" reclamaram contra a "gordofobia" usando apenas calcinha e faixas de miss. "Diga não a 'gordofobia', viva as 'plus sizes'", gritavam. Todas as manifestantes são misses "plus size": Camila Bueno (miss São Paulo), Evelise Nascimento (São José do Rio Preto), Flávia Gon Soares (Baixada Santista) e Janaína Graciele (DF). O protesto foi ideia de Camila, vítima de preconceito na capital federal, onde chegou no sábado justamente para um ensaio fotográfico contra a discriminação a obesas. Já na hora de fazer o check-in, a recepcionista falou que Camila e Evelise talvez não coubessem na cama. "Era uma cama super normal, cabiam umas três de nós tranquilamente", conta Camila, que apenas riu na hora do comentário, mas depois achou exagerado. No dia seguinte, as quatro amigas voltaram a ser alvo de preconceito ao entrar num bar: "Chegou o bando de gordas", disse um frequentador, de acordo com Camila. Paulinha Almeida/Divulgação Modelos "plus size" protestam de topless em frente ao Congresso Nacional, em Brasília Modelo profissional há cinco anos, a miss São Paulo reclama que o preconceito contra obesos não é restrito a Brasília. "Em São Paulo também. As pessoas veem a obesidade como uma anomalia. Ninguém quer sentar ao lado do gordo no trem, que tem assentos minúsculos, aliás. As pessoas comentam maldades". Idealizadora do protesto, Camila disse que nos 15 minutos em que ficaram diante do Congresso, maquiadas e de topless, ouviram várias frases de incentivo. "Gordinhas maravilhosas, parabéns, lindas", gritavam motoristas enquanto apertavam as buzinas. Camila deve retornar a São Paulo nesta quarta-feira (12). Reproduzido do UOL

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja prudente em seus comentários, agradeço sua visita.