segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Aligátor de 459 kg pode bater recorde de 'o maior já caçado' no Alabama

Um grupo de caçadores no Alabama, Estado norte-americano onde a prática é permitida, capturaram e mataram um jacaré-americano de 4,57 m de comprimento e 459 kg. Mandy Stokes (dir.) afirma ter caçado o animal no rio Alabama, na altura da cidade de Thomaston, com ajuda do marido, John Stokes (dir.), o cunhado, Kevin Jenkins (esq. de camiseta vermelha), e os filhos dele, Savannah, 16, e Parker, 14Sharon Steinmann/AP/Al.com
Sharon Steinmann/AP/Al.com
Mandy Stokes segura bebê enquanto olha o aligátor
"Temos de agradecer a Deus. Dez homens não teriam conseguido o que nós conseguimos [caçar o aligátor", disse John Stokes à Associated Press.
Mandy descreveu a "pequena batalha" para caçar o animal gigante. Depois de fisgá-lo com ganchos grandes, coube a ela atirar com uma espingarda calibre .20 por trás da cabeça do bicho. Mas ela errou o tiro. "Isso deixou o aligátor bravo."
O aligátor emergiu a frente do barco de 5 metros onde a família estava e começou a puxá-lo, até que a pequena embarcação bateu em raízes submersas. Foi quando Mandy finalmente acertou um tiro no animal e deu fim à caça.
Eles levaram o aligátor até o posto de checagem do Parque Roland Cooper, em Camden. Os biólogos do local atestaram a medida que pode ser reconhecida como recorde – o Alabama não mantém um registro formal de recordes, apenas das caças legais ocorridas nos últimos nove anos.
O maior animal capturado até então tinha sido um outro aligátor, também pego no rio Alabama, com 4,26 m e 380 kg, pelo caçador  Keith Fancher. 
A família pretende levar o animal até uma loja de taxidermia para que seja empalhado. (Com Associated Press e AL.com). Do UOL, em São Paulo
Ampliar

Crocodilo canibal devora colega da mesma espécie5 fotos

3 / 5
22.jul.2014 - O guia de pesca Warren Smith estava passeando de barco no norte das Ilhas Tiwi, na Austrália, quando se deparou com uma cena inusitada: um crocodilo de cinco metros de comprimento comendo outro, de cerca de três metros. Entusiasmado por estar tão perto da cena, o homem chegou a apenas 10 metros de distância e fotografou o animal maior com o que sobrou do outro na boca. "Não é muito comum ver algo assim... Eu vivo por aqui há mais de 20 anos e vi cenas como essa apenas meia dúzia de vezes", contou ao Daily Mail. Ele ainda afirmou que os crocodilos são conhecidos por praticarem o canibalismo, principalmente durante a nidificação, temporada de construção dos ninhos em que as mães ficam mais atentas para defender seus bebês Warren Smith/Reprodução/Daily Mail

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja prudente em seus comentários, agradeço sua visita.