quarta-feira, 28 de maio de 2014

PROTAMA - Projeto Tartarugas da Amazônia


Hoje eu quero falar de um projeto que vem sendo uma fonte de inspiração para seus idealizadores e voluntários que se identificam com a causa de preservar o meio ambiente para garantir sustentabilidade e equilíbrio ao meio ambiente de nossa região na valorização da vida de espécimes que precisam de uma atenção redobrada para sua procriação ou seja TARTARUGA-DA-AMAZÔNIA.

Um projeto que tem se destacado em nossa região pela importância defendida por todos da equipe, estou falando do projeto PROTAMA tartarugas da Amazônia.

O projeto PROTAMA vem realizando um excelente trabalho no tabuleiro de monte cristo no rio Tapajós com voluntários dedicados a salvar vidas e povoar nossos rios, lagos e igarapés com as tartarugas da amazônia, todos os anos eles se reúnem e vão até o local garantir que essas pequeninas consigam chegar ao leito do rio, o projeto PROTAMA representa um projeto de preservação sustentável de conscientização e da importância de se preservar nosso região.

Todos os anos nascem em média 700.000 a 1.000.000 milhão de filhotes, que precisam chegar ao rio para sua sobrevivência, sabemos que muitos na conseguem sobreviver devidos os predadores, mas para essa equipe PROTAMA, fazer  com que cada um deles cheguem ao rio já tem sido uma conquista e uma contribuição para melhorar o meio ambiente em que vivemos.

Foram soltas mais de 11 mil filhotes de tartaruga, pois as mesmas corriam o risco de não sair das covas em decorrência do nível elevado do rio tapajós.

PROTAMA tem um cronograma e um perfil de projetar uma perspectiva de vida longa a  todas as tartaruguinhas buscando parcerias em Itaituba e região para garantir continuidade desse lindo trabalho realizado pelo amigo José Augusto Martins e todos os amigos voluntários que difundem essa pratica de valorização de vidas em nossos rios.
“Entendemos que preservar através de sustentabilidade do meio ambiente, estamos fazemos a coisa certa, garantimos a todos um equilíbrio na natureza, a preservação sustentável do meio ambiente, depende de todos, pois todos somos parte integral”. Disse Augusto Martins.