quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

Jacareacanga NO CAMINHO CERTO


Prefeitura de Jacareacanga investe em qualidade de vida e faz aquisição de 8 grupos geradores para atender demanda de comunidades do interior.


De acordo com informações de Raulqien Queiroz, o grupo gerador de 60 Kva será destinado à aldeia polo Katõ, que tem uma população estimada em mais de 200 famílias e uma clientela estudantil de aproximadamente 600 alunos. Já o grupo gerador de 40 kva será destinado a aldeia polo Karossal do Rio das Tropas, que também demanda mais de 100 famílias.

Já os três grupos geradores de 12,5 kva. Segundo o prefeito, serão entregue à Secretaria Municipal de Educação que deverá destiná-los para três escolas do interior e os grupos geradores portáteis serão entregues à Secretaria Municipal de Saúde de acordo com o secretário Elinton Vasconcelos serão encaminhados aos postos de saúde de Porto Rico, São José e Mamãe Anã. “Serão usados exclusivamente nos laboratórios de diagnósticos da malária”, informa Vasconcelos.

Para a prefeitura manter energia elétrica em comunidades mais próximas como é o caso de Karapanatuba e Sai Cinza a 25 minutos da sede do município e as tão distantes como é o caso das aldeias Santa Maria no rio Cururu e Teles Pires, no rio Teles Pires, é um grande desafio. “O Programa Luz Para Todos do Governo Federal até a presente data não instalou um poste em Jacareacanga. As comunidades quilombolas e aldeias indígenas têm direito a esse serviço essencial, afinal de contas energia elétrica é direito de todo cidadão”, desabafa o prefeito. “Em parceria com as comunidades indígenas e não indígenas estamos mantendo energia no interior do município”, informa Queiroz.

De acordo com o site o Luz Para Todos (http://luzparatodos.mme.gov.br/), o Governo Federal lançou o Programa Luz Para Todos em novembro de 2003 o desafio de acabar com a exclusão elétrica no país. A meta do Programa era levar o acesso à energia elétrica, gratuitamente, para mais de 10 milhões de pessoas do meio rural até o ano de 2008. Mas durante a execução do Programa, novas famílias sem energia elétrica em casa foram localizadas e, em função do surgimento de um grande número de demandas, o Luz para Todos foi prorrogado para ser concluído no ano de 2011. 

Porém o Censo 2010, do IBGE, apontou a existência de uma população ainda sem energia elétrica em suas casas, localizada, principalmente, nas Regiões Norte e Nordeste e nas áreas de extrema pobreza. Para atender a essas famílias, o Governo Federal, por meio do Decreto nº 7.520/2011, instituiu uma nova fase do Programa, agora para o período de 2011 a 2014, com foco aos cidadãos contemplados no “Plano Brasil Sem Miséria” e no “Programa Territórios da Cidadania”, ou estabelecidos em antigos quilombos, áreas indígenas, assentamentos de reforma agrária, em regiões que sejam afetadas pela construção de usinas hidrelétricas e localizados em área de elevado impacto tarifário.  
Texto e Fotos Nonato Silva.

2 comentários:

  1. Isso ai meu prefeito! Jacareacanga agradece!!!!! JÁ ERA PAPAI!!!!

    ResponderExcluir
  2. É assim que se trabalha, exemplo de administração publica para o nosso Brasil.
    Orgulho de ser jacareacanguense

    ResponderExcluir

Seja prudente em seus comentários, agradeço sua visita.

Pela FÉ

Pela FÉ

De ponta a ponta ligado com o Mundo!

De ponta a ponta ligado com o Mundo!
FORUM PERMANENTE DE DEBATES Eis minha intenção em criar este espaço; as matérias que forem publicadas no FARO FINO, se produzirem comentários serão respondidas respeitando a opinião dos leitores. Todos os comentários devidamente assinados serão considerados e publicados, desde que não exponha a moralidade de pessoas. Evidentemente que comentários imorais ou que visem ridicularizar, humilhar pessoas também serão descartados.

Muitas vezes por sermos homens de projeção publica, posamos de vidraças, e as pedras dos insensatos, de longe são atiradas, mesmo não querendo o FARO FINO para essa finalidade, também posso ser pedra de estilingue, ou até a funda que Davi usou para tirar de orbita o gigante Golias.