terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

Caso Leda Marta: Os passos do assassino antes do crime

Numa investigação, que deve ser reconhecida, realizada pela Policia Civil e Militar, já conseguiu identificar o autor do triplo assassinato ocorrido no sábado, dia ultimo, que teve como vitimas a advogada Leda Marta Lucyk dos Santos, sua filha Hanna, de 10 anos e a funcionária da loja Belíssima, Tainá Siqueira. Trata-se do preso de justiça DJACI PEREIRA DE SOUZA, conhecido no mundo do crime por SNOBY, que em 2010 esteve preso no Presídio de Itaituba e também já ficou preso no Presídio de Altamira. Ele, inclusive puxa a perna direita, o que facilitou a identificação do autor.
Desde o dia do crime, no sábado, dia 22 passado, a policia começou a procurar as imagens nos circuitos de filmagens nas lojas, localizadas no centro da cidade de Itaituba. No circuito, ao lado do comércio onde ocorreu a chacina, a policia obteve as primeiras imagens do criminoso. Em seguida começou a rastrear as demais filmagens.
Localizou na filmagem do Comercial Paraíba, o criminoso comprando a faca usada para praticar do triplo assassinato. 
Do Comercial Paraíba, o criminoso caminhou pela Avenida Hugo de Mendonça, entrando na Loja A REALCE, onde foi atendida por uma funcionária e reservou uma calça Jens, prometendo ir até à Ouro Minas vender o ouro e depois voltava para comprar a referida calça.
Altair dos Santos
 O criminoso veio pela Avenida Hugo de Mendonça, subiu na Travessa Victor Campos e ao chegar a frente da Loja Belíssima, olhou para o interior do comércio e depois bateu na porta, que foi aberta pela advogada Leda. Mas, antes de entrar na loja, imagens de outro comercio na área, mostra o criminoso caminhando pelo outro lado da Travessa Victor Campos, vindo da Avenida Nova de Santa’Ana. Outras imagens, gravadas pelas câmeras existentes ao lado da Loja Belíssima, mostram que o criminoso esteve na boutique na semana anterior a do crime, onde comprou alguma coisa, mas que foi até ali para melhor conhecer o local aonde viria cometer o triplo assassinato.

Depois de varias imagens recuperadas, a policia não tem mais duvida que o criminoso trata-se do presidiário DJACI PEREIRA DE SOUZA, conhecido por SNOBY. Ele inclusive tentou se hospedar no Dormitório da CACILDA, na  Hugo de Mendonça, entretanto não se hospedou porque não havia vaga. Ele também é acusado, inclusive foi preso, de ter participado do assassinato de uma das jovens levadas para a morte, na Rodovia Transamazônica, no trecho Itaituba-Jacareacanga, em 2010 e que uma das jovens conseguiu fugir e reconheceu o criminoso.

Enquanto isto, hoje no começo da tarde, dia 25, foi preso o advogado Altair dos Santos, o principal suspeito pelo triplo assassinato. O mandado de prisão preventiva foi expedido pelo juiz de Itaituba, Sidney Pomar e somente hoje o ex-marido da advogada Leda foi preso e conduzido ao Quartel do 53º BIS, instituição da qual Altair foi Sargento e está na reserva. Fonte Blog do Peninha - Reproduzido do Blog Gilson Vasconcelos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja prudente em seus comentários, agradeço sua visita.

Pela FÉ

Pela FÉ

De ponta a ponta ligado com o Mundo!

De ponta a ponta ligado com o Mundo!
FORUM PERMANENTE DE DEBATES Eis minha intenção em criar este espaço; as matérias que forem publicadas no FARO FINO, se produzirem comentários serão respondidas respeitando a opinião dos leitores. Todos os comentários devidamente assinados serão considerados e publicados, desde que não exponha a moralidade de pessoas. Evidentemente que comentários imorais ou que visem ridicularizar, humilhar pessoas também serão descartados.

Muitas vezes por sermos homens de projeção publica, posamos de vidraças, e as pedras dos insensatos, de longe são atiradas, mesmo não querendo o FARO FINO para essa finalidade, também posso ser pedra de estilingue, ou até a funda que Davi usou para tirar de orbita o gigante Golias.