quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

Suplicy escapa de golpe telefônico por presidiário

Ligação supostamente feita de dentro do Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília, pedia R$ 1,4 mil ao senador petista. Detento tentou se passar por um dos sobrinhos do parlamentar de São Paulo
O senador Eduardo Suplicy (PT-SP) escapou por pouco de cair em um golpe manjado de presidiários brasileiros. De acordo com o jornal O Globo, o petista recebeu uma ligação na sexta-feira (24) de um presidiário se passando por um dos seus sobrinhos. O pedido: R$ 1,4 mil para consertar um carro em Alexânia, no interior de Goiás. De acordo com o petista, o depósito acabou não sendo feito após suas secretárias checarem a situação com o sobrinho verdadeiro.
“Ele tentou me aplicar o golpe, mas eu consegui sustar (o pedido às secretárias) depois de verificar que ele estava tentando me enganar”, afirmou Suplicy ao jornal. De acordo com a reportagem, o petista recebeu a ligação quando estava em Madri, na Espanha, dando palestras sobre o projeto da renda mínima. Ele confirmou a tentativa de golpe na segunda-feira (27) e disse que fará um boletim de ocorrência quando chegar ao Brasil.
Na matéria, o jornal sustenta que o presidiário consegue o aparelho celular dos próprios agentes prisionais, e que estaria preso na Penitenciária do Distrito Federal 1, que fica dentro do Complexo Penitenciário da Papuda e é conhecida como Cascavel. À repórter Maria Lima, o detento disse, no entanto, que Suplicy chegou a depositar uma “mixaria”. “Estou fumando do bom e do melhor. Comendo do melhor, e ele está pagando!”, relatou o presidiário, que se disse fã do senador petista.Reproduzido de  Congresso em Foco

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja prudente em seus comentários, agradeço sua visita.

Pela FÉ

Pela FÉ

De ponta a ponta ligado com o Mundo!

De ponta a ponta ligado com o Mundo!
FORUM PERMANENTE DE DEBATES Eis minha intenção em criar este espaço; as matérias que forem publicadas no FARO FINO, se produzirem comentários serão respondidas respeitando a opinião dos leitores. Todos os comentários devidamente assinados serão considerados e publicados, desde que não exponha a moralidade de pessoas. Evidentemente que comentários imorais ou que visem ridicularizar, humilhar pessoas também serão descartados.

Muitas vezes por sermos homens de projeção publica, posamos de vidraças, e as pedras dos insensatos, de longe são atiradas, mesmo não querendo o FARO FINO para essa finalidade, também posso ser pedra de estilingue, ou até a funda que Davi usou para tirar de orbita o gigante Golias.