sábado, 30 de novembro de 2013

Incrível: Réplicas de veículos industriais feitos com palitos de fósforo

É realmente incrível. Djordje Balaque é o nome desse jovem artista da Croácia de 20 anos. Ele é extremamente habilidoso em construir réplicas precisas de veículos industriais, utilizando apenas palitos, cola e verniz para o acabamento.
Incrível: Réplicas de veículos industriais feitos com palitos de fósforo
Segundo ele, cada veículo demora em média 30 dias para ser construído. Sua arte começou a ser desenvolvida no ano de 2006, quando tinha apenas 13 anos. No começo Djordje utilizava pedaços de madeira que talhava, percebendo logo em seguida que daria menos trabalho utilizar palitos de fósforo.
Seu trabalho começou a ser conhecido e valorizado após publicar fotos na internet, sendo consequentemente convidado para vários eventos relacionados.
Suas réplicas são perfeitas, totalmente funcionais. Para se ter ideia, ele utilizou 175.518 palitos, 20 kg de cola e 8 kg de verniz para construir a réplica do Liebherr LTM 11200, que é o maior guindaste do mundo.
Incrível: Réplicas de veículos industriais feitos com palitos de fósforo
Liebherr LTM 11200 http://www.blogadao.com
Veja mais imagens:
Incrível: Réplicas de veículos industriais feitos com palitos de fósforoIncrível: Réplicas de veículos industriais feitos com palitos de fósforo
Incrível: Réplicas de veículos industriais feitos com palitos de fósforoIncrível: Réplicas de veículos industriais feitos com palitos de fósforo
Incrível: Réplicas de veículos industriais feitos com palitos de fósforoIncrível: Réplicas de veículos industriais feitos com palitos de fósforo
Incrível: Réplicas de veículos industriais feitos com palitos de fósforoIncrível: Réplicas de veículos industriais feitos com palitos de fósforo
Incrível: Réplicas de veículos industriais feitos com palitos de fósforoIncrível: Réplicas de veículos industriais feitos com palitos de fósforo
Incrível: Réplicas de veículos industriais feitos com palitos de fósforoIncrível: Réplicas de veículos industriais feitos com palitos de fósforo

sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Apolinário Artista Plastico santareno constrói os primeiros monumentos do recém criado Município de Mojuí dos Campos

O artista plástico santareno  "Apolinário Oliveira " está na cidade de Mojuí dos Campos realizando mais um de seus trabalhos artísticos. Apolinário que atualmente é um dos mais renomados artistas da região ficou conhecido por suas belas artes e também por ser reconhecido como um homem de inteligência elevada e muito polêmico. 
Nossa reportagem esteve ainda pouco na cidade de Mojuí dos Campos e verificou In Loco o novo trabalho do Artista. Em conversa com a reportagem do Grupo Elias Junior Notícias ele nos falou que Tem um sonho como artista que é trabalhar na criação de todos os padroeiros da Amazônia. "eu parei de trabalhar somente com os quadros pelo fato de as pessoas colocarem os mesmos dentro de suas residências ficando ali uma arte privada e impossibilitada de outras pessoas poderem apreciar". Disse.  Ele ainda acrescentou que depois dessa visão de que suas artes ficavam muito restritas aos olhares da maior parte do público ele começou a almejar que seu trabalho fosse visto em praças e lugares a céu aberto. 
 http://3.bp.blogspot.com/-IHjMG2alMYM/Upj5e3ofzOI/AAAAAAAAXOo/-mkZvBNYRPg/s640/DSCN9448.JPG
Apolinário disse que foi convidado recentemente pelo Padre Valdir Serra que atualmente é vigário do município de Mojuí dos Campos para que ele fizesse a escultura do padroeiro da cidade  "Santo Antonio". O artista disse que imediatamente aceitou o convite do padre, pelo fato também de ter conhecimento com varias pessoas e também um bom relacionamento com a paroquia. Ele acrescentou ainda que quando já havia iniciado a escultura do padroeiro  ele foi convidado pelo atual prefeito da cidade Jailson Alves para que ele fizesse também na mesma praça um Chafariz. Segundo Apolinário no local onde está sendo feito o Chafariz tinha anteriormente um tronco de uma arvores que estava doente e por este motivo o prefeito queria colocar algo em seu lugar para manter a beleza da praça.   
 
Estivemos na cidade por algumas horas onde pudemos mais uma vez presenciar o empenho e todo o cuidado do artista na confecção de suas artes.
TRABALHOS DE DESTAQUE DE APOLINÁRIO   -  Na cidade de Novo Progresso ele criou o Padroeiro da cidade Santa Luzia e outras artes de destaque .
Na cidade de Óbidos, o artista criou Nossa senhora de Santana, na cidade de Aveiro intenção do artista era de cria Nossa Senhora da Conceição  que segundo ele  em estilo barroco obra que foi inciada mais pelo envolvimento com políticos foi direcionado a atenção para outras obras e por este fato a obra não foi finalizada. Vale ressaltar que em Aveiro o artista criou varias peças de arte a céu aberto que atualmente são fotografadas por turistas que visitam a cidade.
Em Jacareacanga ele foi para o município com a missão de fazer a imagem de São Pedro e acabou fazendo a praça de São Pedro por inteira.   
Em Itaituba Apolinário foi com o intuito de construir a padroeira da cidade Nossa Senhora de Santana mais se envolveu com trabalhos de políticos que o impossibilitaram de realizar a obra.
PALAVRAS DE APOLINÁRIO - "Um artista na mão de um politico corrupto e sem palavras é um "RATO" sem as pernas, sem os braços e sem cabeça na boca de um gato faminto que nem come e fica bolando de um lado para o outro". 
Para finalizar o artista falou de sua alegria em ter recebido o convite do Padre Valdir Serra e do prefeito Jailson Alves que segundo ele são duas pessoas serias e comprometidas com a população de Mojuí dos Campos. Reproduzido do Blog ELIAS JUNIOR NOTÍCIAS

Jovem morre após tirar foto dirigindo a 170 km/h em Itanhaém, SP

Carro ficou destruído após o acidente (Foto: Tarcisio Sween/VC no G1) 
Carro ficou destruído após o acidente (Foto: Tarcisio Sween/VC no G1)
Motorista morreu no local após bater o carro em uma pilastra da rodovia.
 Segundo a polícia, foto achada no celular mostra o velocímetro do carro.
Uma jovem de 19 anos morreu após bater o carro em uma pilastra de uma passarela, no fim da tarde desta segunda-feira (25), na rodovia Padre Manoel da Nóbrega, na altura da cidade de Itanhaém, no litoral de São Paulo. A jovem tirou uma foto do velocímetro em alta velocidade segundos antes do acidente.
Giovana Dias de Souza Alves, de 19 anos, trabalhava em um banco em Praia Grande. Ela estava voltando para casa, em Itanhaém, quando ocorreu o acidente, por volta das 18h, no km 315 da rodovia. A jovem perdeu o controle da direção e bateu o carro em uma pilastra de sustentação de uma passarela.
Segundo a polícia, antes de morrer Giovana tirou uma foto com o celular que prova que o veículo estava em alta velocidade. De acordo com a polícia, a jovem dirigia a 170 km/h e essa pode ter sido a causa do acidente. O celular da jovem foi recolhido pelo Instituto de Criminalística de Itanhaém e passará por análise.
Giovana morreu no local. O carro foi retirado depois de duas horas do acidente e ficou totalmente destruído. O corpo de Giovana foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Praia Grande. O velório da jovem será realizado em Itanhaém na tarde desta terça-feira. Ninguém da família foi localizado para falar sobre o acidente. Com informações G1

Chinês de 24 anos que vive com o coração no abdômen espera por cirurgia

Um homem de 24 anos está à espera de uma cirurgia para corrigir um problema de nascimento que fez com que ele vivesse a vida toda com o coração batendo abaixo de seu abdômen. Ho Zhiliang nasceu com a síndrome de exposição cardíaca congênita - uma condição que normalmente pode matar mais de 90 por cento dos pacientes no momento do nascimento ou logo depois.
Chinês de 24 anos que vive com o coração no abdômen espera por cirurgia
Depois de nascer, os pais de Zhiliang foram informados de que ele não viveria muito tempo devido à exposição de seu coração. Mesmo assim, os pais tentaram cuidar da criança que até hoje sobreviveu. O rapaz deixou a escola e começou a trabalhar como barbeiro, acostumando-se a viver com o problema. 
 Mas no início deste ano, Zhiliang leu um artigo de jornal sobre uma pessoa com condição semelhante à sua, que havia passado por cirurgia para colocar o coração de volta no lugar correto. Ele então abandonou seu emprego e se mudou para Wuhan, na esperança de receber a mesma cirurgia. Agora os médicos estão elaborando um planejamento para ajudar o rapaz.. r7.com

quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Máfia italiana alimentou porcos com homem vivo

ThinkStockROMA - Um grupo de assassinos da máfia da região italiana da Calábria espancou um inimigo e o jogou ainda vivo aos porcos, informou a polícia nesta quinta-feira. A revelação veio depois de uma operação que levou à detenção de 20 pessoas por diversas acusações, incluindo cinco assassinatos.
O crime provavelmente ocorreu em março de 2012, quando Francesco Raccosta desapareceu em Reggio Calabria, no sul do país. Seu corpo nunca foi encontrado.
Um grampo telefônico posto pela polícia gravou um dos suspeitos se vangloriando do assassinato.
"Foi um prazer ouvi-lo gritar. Na minha opinião, não restou nada dele. Os porcos realmente comem", teria dito o homem, de acordo com as investigações.
A morte de Raccosta foi uma das cinco que teriam ocorrido em retaliação pelo assassinato do chefão Domenico Bonarrigo, atingido por três tiros quando dirigia, 11 dias antes. Na época, facções rivais da 'Ndrangheta, a máfia calabresa, lutavam pelo controle do território perto da cidade de Oppido Mamertina.
Sua participação no tráfico de cocaína levou a 'Ndrangheta a ofuscar a máfia siciliana, a Cosa Nostra. A máfia da Calábria tem hoje mais de cem clãs. yahooNOTICIAS
 

MP pede cassação de 13 deputados que trocaram de partido sem justa causa

Silvio Costa está entre os deputados que podem
 perder mandato Gabriela Korossy / Câmara dos Deputados
A PGE (Procuradoria-Geral Eleitoral) propôs ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral), nesta quinta-feira (28), 13 ações de perda de mandato por desfiliação partidária sem justa causa contra parlamentares, de acordo com informações do MPF (Ministério Público Federal).  
Segundo os pedidos, os deputados não comprovaram o cumprimento de nenhuma das hipóteses legais que autorizam a troca de partido.  
De acordo com o vice-procurador-geral eleitoral, Eugênio de Aragão, autor das ações, os pedidos de cassação foram feitos porque o mandato tem caráter representativo e deve manifestar a vontade popular e não do deputado.
— O eleitor confere a representação ao parlamentar vinculado a certo partido, que encarna o ideário que se pretende avançar na disputa pelo poder político. A infidelidade quebra essa relação de confiança e permite à sociedade que reivindique o mandato, através do Ministério Público.  
O vice-procurador destaca ainda que o mandato pertence ao povo, que escolhe as diretrizes e ideais que deverão nortear a condução do Estado. Segundo ele, o cargo não pode ser objeto de acordos ou qualquer forma de negociação.
A legislação do TSE prevê que o partido político pode pedir, perante a Justiça Eleitoral, a decretação de perda de mandato em decorrência de desfiliação partidária sem justa causa. Se o partido não reivindicar o cargo no prazo de trinta dias, contados da data da desfiliação, o Ministério Público tem prazo de mais 30 dias pode propor a cassação. r7.com
Confira a lista dos 13 deputados federais que podem perder o mandato:
José Humberto/MG - saiu do PHS e se filiou ao PSD
Stefano Aguiar/MG - saiu do PSC e se filiou ao PSB
Dr. Paulo César/RJ - saiu do PSD e se filiou ao PR
Deley (Wanderley Alves de Oliveira)/RJ - saiu do PSC e se filiou ao PTB
Walter Feldman/SP - saiu do PSDB e se filiou a PSB
Luiz Nishimori/PR - saiu do PSDB e se filiou ao PR
Silvio Costa/PE - saiu do PTB e se filou ao PSC
Wilson Filho/PB - saiu do PMDB e se filiou ao PTB
Alfredo Syrkis/RJ - saiu do PV e se filou ao PSB
Paulo Henrique Lustosa/CE - saiu do PMDB e se filiou ao PP
Beto Mansur/SP - saiu do PP e se filiou ao PRB
Francisco Araújo/RR - saiu do PSL e se filiou ao PSD
Cesar Halun/TO - saiu do PSD e se filiou ao PRB

Vídeo amador registra momento da queda de guindaste no Itaquerão; veja

Marcelo Camargo/Agência Brasil 
Um cinegrafista amador flagrou o momento da queda da grua no Itaquerão, nesta quarta-feira, que matou dois funcionários da obra do estádio do Corinthians. As imagens foram feitas pelo arquiteto Márcio Antônio Campos, presidente da Associação dos Engenheiros, Arquitetos e Agrônomos de Suzano. 
No vídeo, nota-se que a queda durou pouco menos de 10 segundos e provocou uma correria entre quem estava no local. As imagens foram divulgadas pelo canal de TV Globonews e rapidamente espalharam-se pela internet.
Em entrevista ao canal de TV, Campos explicou que estava na arena acompanhando a visita de um grupo de arquitetos. "No final da nossa visita, essa peça estava sendo içada, e eu tive a curiosidade de verificar o içamento. Na saída, já no estacionamento, eu vi essa viga e ela tava oscilando  e me chamou a atenção. Acabei ligando a máquina e peguei o momento."
Ainda para a Globonews, o arquiteto disse que trabalha como perito particular, mas que não estava executando o trabalho na hora do acidente. "Eu estava apenas como visitante, não teve nenhum convite. Estava como observador fazendo uma visita técnica, sou perito particular."
Com relação à visita, disse que ficou com a impressão de que a obra é "excelente". "Não houve nada que nós tivéssemos visto na visita que fizemos. Foi um imprevisto muito grande. Aparentemente, tudo estava normal, nada que chamasse a atenção."
A tragédia deixou dois mortos: Fábio Luís Pereira, 42 anos, que estava no caminhão atingido pelo guindaste, e Ronaldo Oliveira Santos, 44, que cochilava em uma área atingida pela queda da peça metálica.
O acidente ocorreu no horário do almoço, o que fez com que poucos operários estivessem no local – muitos almoçavam no refeitório.
As obras foram paralisadas e devem ser retomadas na segunda-feira, nos setores que não foram afetados. Nesta quinta, a Defesa Civil manteve a interdição de 30% da área leste, que corresponde a cerca de 5% das obras totais do estádio, onde serão necessárias obras emergenciais para a retirada da estrutura que desabou.
O presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção Civil de São Paulo (Sintracon), Antonio de Sousa Ramalho, declarou nesta quinta que um técnico de segurança do Itaquerão fez alerta interno de que haveria risco de desabamento no setor onde ocorreu a queda de peça metálica.
"Eu entrei em contato com um técnico de segurança do estádio horas depois do acidente. Essa pessoa me contou que havia alertado sobre o risco de a grua tombar, que existia risco de acidente. Eles vistoriaram o local e entenderam que não havia risco", acusa o presidente do Sintracon, que também é deputado estadual pelo PSDB.
A Federação Nacional dos Técnicos de Segurança no Trabalho (Fenatest), entidade sindical de âmbito federal, também afirma ter recebido a denúncia.
A construtora Odebrecht nega a existência desse alerta. Em nota, a empresa diz que "não houve nenhum alerta prévio ao acidente" e nega "a ocorrência dos eventos relatados pelo presidente do Sintracon." A nota termina com a Odebrecht reafirmando o que chama de rigor nos procedimentos de segurança do trabalho. "Até essa quarta-feira, a obra havia registrado 9,5 milhões de horas trabalhadas sem acidentes graves."
Se fez bastante estrago na fachada do estádio, a queda do guindaste deixou a área interna praticamente intocada, como mostra a foto acima. Nela, o guindaste tombado aparece no lado esquerdo, de forma quase imperceptível
 
Com um custo estimado de R$ 1 bilhão, o Itaquerão tinha previsão de entrega para dezembro e inauguração para janeiro. O estádio estava com 94% das obras concluídas. O Itaquerão será sede da partida de abertura da Copa do Mundo. O Brasil fará o jogo inicial do torneio, contra adversário não definido. Para ser a abertura do torneio, o Itaquerão teve que aumentar a sua capacidade para 69.160 lugares apenas para a Copa do Mundo.
Divulgação

    domingo, 24 de novembro de 2013

    Seleção brasileira lança camisa para Copa do Mundo de 2014


    Volante Luiz Gustavo exibe a camisa a ser usada pela seleção brasileira na Copa do Mundo de 2014 
     Camisa a ser usada pela seleção brasileira na Copa de 2014 tem detalhe em verde na gola

    sábado, 23 de novembro de 2013

    Descoberto buraco negro que lança ferro e níquel a 700 milhões de km/h



    Cientistas localizaram um buraco negro que bombeia e libera para o Universo intensos jatos de ferro e níquel.
    Geralmente, os buracos negros costumam jogar jatos de partículas de baixa massa há milhares de anos-luz de comprimento em galáxias vizinhas.
    No entanto, este denominado 4U1630 -47, encontrado por meio do telescópio espacial XMM-Newton da Agência Espacial Europeia, é um intrigante buraco negro que bombeia átomos mais pesados, que segundo estimativas, se deslocam cerca de dois terços a mais em relação à velocidade da luz, isto é, a mais de 700 milhões de quilômetros por hora.
    Como os cientistas já sabem, os buracos negros são sumidouros de matéria e energia. Eles são tão densos que nem mesmo a luz pode escapar de sua força. Aqueles que possuem massa estelar são geralmente encontrados alimentando-se do material de alguma estrela próxima.
    Essa matéria flui da estrela em direção ao buraco negro e, circulando como um disco em torno dele, possui uma temperatura tão alta que é capaz de emitir raios-X. Além disso, pode acontecer do buraco negro não engolir todo o material, e às vezes empurrar uma parte desse conteúdo em forma de poderosos jatos de partículas. Esses jatos, por sua vez, liberam massa e energia para o ambiente. Os cientistas já conheciam bem este fenômeno, mas ainda não conseguem explicar onde exatamente se formam estes jatos, e qual é o mecanismo responsável por isso.
    A descoberta deste novo buraco negro poderá ajudar os cientistas a encontrar uma resposta.

    A partir de uma última observação, o radiotelescópio Campact Array, localizado ao leste da Austrália, confirmou os resultados obtidos. 
    O Dr. Tasso Tzioumis, membro da equipe de pesquisa, afirma: “Jatos de buracos negros supermassivos ajudam a determinar o destino de uma galáxia, como ele evolui. Átomos pesados já foram vistos em jatos de outro sistema, o SS433, mas ele é um sistema muito fora da comum, um excêntrico; já este descoberto é bastante típico, muito mais provável para representar buracos negros em geral”. Um átomo de ferro é cerca de cem mil vezes mais massivo que um elétron. Quando uma partícula massiva está se movendo, ela carrega mais energia do que uma partícula mais leve que se move com a mesma velocidade 
    Esta recente descoberta sugere que os jatos produzidos pelo buraco negro são equipados com disco de acreção, isto é, um cinturão composto por um turbilhão de gases quentes que ficam ao redor do buraco negro, e não pela rotação do próprio buraco negro, o que seria mais provável quanto à ideia de se produzir jatos contendo apenas partículas de luz.
    Norbert Schartel, da ESA, e também cientista do projeto, declara: “Mesmo que já saibamos muita coisa sobre buracos negros e o que acontece ao seu redor, a formação de jatos é ainda um grande quebra-cabeça, no qual faz desta observação um passo importante para a compreensão deste fenômeno fascinante”. r7.com

    quarta-feira, 20 de novembro de 2013

    Após derrota, técnico rival se rende ao Brasil: “Melhor time do mundo”

    Jorge Sampaoli elogiou o desempenho dos comandados de Luiz Felipe Scolari.
    O Chile chegou para enfrentar o Brasil com um histórico recente que acumulava empate com a Espanha e vitória contra a Inglaterra em Londres. Porém, no duelo de terça-feira (19) em Toronto, no Canadá, prevaleceu o histórico recente.
    Com gols de Hulk e Robinho, a seleção brasileira venceu os rivais sul-americanos por 2 a 1, subindo para 12 triunfos nos outros últimos 13 encontros entre as duas equipes.
    Depois do jogo, Jorge Sampaoli, treinador do Chile, elogiou o time de Felipão e afirmou que o Brasil é o melhor do mundo.
    — O que eu vejo desta performance foi a vontade que o time mostrou. Enfrentar o Brasil, o melhor time do mundo, e ter a bola e atacar foi muito bom. Este Brasil é uma equipe que ganhou para a Copa das Confederações com bastante facilidade e ganhou todos os seus amistosos recentemente... Tivemos alguns problemas iniciais que teremos que olhar mais de perto, mas no geral estamos muito felizes.
    Do r7

    Mulher quase morre após seio ficar 10 vezes maior

    Leah Suchecki, 35 anos, foi levada às pressas para uma cirurgia de emergência depois de um de seus seios ter aumentado dez vezes mais que o normal. A informação é do jornal inglês The Sun desta terça-feira (19).
    De acordo com o jornal, o seio da mãe de três filhos inchou após a “explosão” de um implante mamário.
    Segundo os médicos, o material era tóxico e poderia matar. Porém, ela deu entrada no hospital e foi operada antes que seu sangue fosse envenenado.
    O cirurgião plástico Mauro Speranzini, da SBCP (Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica), explica que o papel da cirurgia plástica é fazer a mulher "se sentir melhor e aumentar sua autoestima”. Porém, elas devem tomar cuidados especiais sobretudo com o tamanho escolhido.
    — Há mulheres que não têm nada, que têm o tórax parecido com de um homem. Em relação ao tamanho, não se deve buscar seios que servem para chamar atenção de outras pessoas, como por exemplo, ter mamas grandes com o intuito de aparecer na mídia. Mamas grandes podem provocar problema de coluna, na região torácica e no pescoço.
    Além disso, para o cirurgião Ruben Ribeiro Penteado, também membro titular da SBCP, quando o tamanho “passa do limite”, a prótese pode forçar a pele e até a cicatriz  que se forma pós-cirurgia.
    — As primeiras consequências são estrias e flacidez. Aumenta-se também a possibilidade de os seios caírem e, assim, perder o resultado da cirurgia. Há casos em que o organismo acaba expulsando a prótese para fora do corpo. Isso acontece porque quanto mais "forçada" estiver a região, mais o organismo vai reagir contra aquilo. É algo completamente antinatural. Fonte R.7.com

    terça-feira, 19 de novembro de 2013

    Prefeitura de Jacareacanga ganha reforço em sua frota de máquinas pesadas

    As conquistas nos últimos anos do município de Jacareacanga são o reflexo de uma administração comprometida com o desenvolvimento.
    Há pouco mais de 5 anos a frota de veículos e máquinas em precário funcionamento da prefeitura local se resumia a um Caminhão Agrale, da Secretaria de Agricultura, na Secretaria de Saúde possuía apenas 1 ambulância em funcionamento, 4 motos e uma caminhonete, já a frota da Secretaria de Obras era apenas um caminhão basculante que foi encontrado abandonado numa estrada vicinal em Janeiro de 2009, além de uma velha Pá Carregadeira doada pelo DNIT, o veículo do Gabinete do Prefeito era uma velha Kombi.
    Atualmente o município de Jacareacanga possui uma frota invejável de 42 veículos entre lanchas fabricadas em alumínio e equipadas com motor de popa, motos, caminhonetes 4x4, ônibus escolares, caminhões basculantes e máquinas pesadas (2 Pá Carregadeiras, 2 Moto niveladoras e 4 Tratores de Pneus).
    A última aquisição da prefeitura de Jacareacanga através Governo Federal-Programa de Aceleração do Crescimento-PAC, foram uma moto niveladora e mais um trator de pneus. Os novos equipamentos foram apresentados à comunidade em uma carreata pelas ruas da cidade. Segundo o prefeito Raulien Queiroz os novos maquinários serão agregados à Secretaria de Obras. “A nossa patrulha mecanizada está apta a realizar serviços de recuperação de ruas e de vicinais”, disse o prefeito.
    De acordo com Raulien Queiroz, Jacareacanga avançou muito em sua estruturação e graças ao resgate do prestígio do governo municipal junto aos Entes Federal e Estadual a gestão pública conseguiu importantes convênios que se converteram na melhoria da qualidade de vida da população. “Quando assumimos o governo municipal em 1º de janeiro de 2009, sabíamos que teríamos um grande desafio que era resgatar a credibilidade da gestão pública diante da população, diante dos servidores municipais, diante dos fornecedores e diante das autarquias como Previdência Social, IGEPREV e Receita Federal. Atualmente Jacareacanga é um município adimplente”, comemora Raulien Queiroz.
    Escrito por Nonato Silva

    sábado, 16 de novembro de 2013

    Produtores rurais debatem com Incra regularização fundiária em Jacareacanga



    Dois representantes da Superintendência de Santarém do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária-Incra, Carlos Carneiro, chefe de divisão de desenvolvimento agrário e Franck Batista, técnico em reforma e desenvolvimento agrário, a convite de Hilton Ferreira presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Jacareacanga estiveram reunidos no auditório da Câmara Municipal na manhã de 14/11, com vários proprietários rurais, vereadores, secretários, representante da Emater/PA e com o prefeito Raulien Queiroz.
    O assunto em pauta foi a regularização fundiária rural do município, uma questão que se arrasta desde a criação de Jacareacanga há mais de 21 anos. A luta pela regularização fundiária rural e urbana de Jacareacanga, remonta desde 1992, ano em que Raulien Queiroz foi eleito o primeiro prefeito do município. Desde então, o sonho pela regularização fundiária tanto da área urbana, quanto da rural, perseguiu os governos posteriores.
    A luta pela regularização fundiária rural e as limitações territoriais para desenvolver agricultura

    De acordo com informações de Roberto Strapasson, secretário de administração da prefeitura de Jacareacanga, em 1998, foi criado o primeiro assentamento em Jacareacanga, o PA Jacaré, com a promessa de que 280 famílias seriam assentadas em um projeto dotado de toda a infraestrutura necessária. “Não passou de um sonho, e depois de 15 anos, nenhuma família foi de fato assentada. O projeto nunca saiu do papel e a única obra realizada foi um trecho de estrada vicinal com cerca de 11 km de extensão. O crédito habitação e instalação nunca foi liberado e o assentamento sequer teve efetivada a demarcação e a divisão de lotes”, lamenta Strapasson.
    Em 2009, segundo Strapasson, foi retomado com mais afinco o desafio de dar segurança jurídica, tanto aos proprietários de lotes urbanos quanto aos agricultores que vivem como posseiros e às vezes até tratados como marginais pela legislação vigente. “Montamos uma comitiva e fomos, mais uma vez, à Superintendência do Incra de Santarém, que fica a 800 km da sede do município. Na ocasião, o Sr. Luciano Brunet, Superintendente da unidade SR30, até assinou um termo de compromisso com o município, que previa algumas ações imediatas, mas que nunca foram realizadas” lembrou o secretário de administração da prefeitura.
    A área territorial do município de Jacareacanga é composto quase na totalidade por um mosaico de unidades de conservação. Dos 53.303 km2 da área do município nada menos que 31.553 km2 correspondem a terras indígenas (Mundurukanea, Kayaby e Sai Cinza), 11.475 km2 pertencem à áreas de proteção ambiental (APAs) e florestas nacionais, e 6.844 km2 à áreas controladas pelas Forças Armadas. Sobram 3.428 km2, das quais, quando aplicada a exigência da reserva legal (80%), se reduzem a 685 km2 disponíveis para atividades produtivas. Porém, desta área, que corresponde a menos de 1,3% da área total do município, tem ainda Áreas de Preservação Permanente (APP), que reduzem as áreas não protegidas por lei a menos de 1% do território municipal. “Hoje, a realidade é que não temos em nosso município nenhum lote rural titulado pelo Incra”, reclama Roberto Strapasson.
    As primeiras conquistas.
    As peregrinações no Incra em Santarém, Belém e até em Brasília persistiram com excursões em busca de apoio político para a tão sonhada regularização. Nomes como do ex-secretário de agricultura José Gomes Filho, do atual secretário de agricultura Hélio José Miranda, do atual secretário de administração Roberto Strapasson, do prefeito Raulien Queiroz, entre outros, fazem parte do rol de pessoas que encabeçaram essa luta. Duas décadas depois, o Programa terra Legal, do governo federal possibilitou essa realização.
    O primeiro título de regularização fundiária urbana de Jacareacanga foi entregue a Roberto Strapasson, em Brasília, em junho de 2010, durante a VII Feira Nacional da Agricultura Familiar, no evento de comemoração do 1º ano do programa Terra Legal, com a presença da Ministra de Meio Ambiente Izabella Teixeira e do Ministro do Desenvolvimento Agrário Guilherme Cassel. Tratou-se do título de regularização do Bairro São Francisco, que compreende uma área aproximada de 300 mil metros quadrados (30 hectares).
    Já o segundo título fundiário urbano de 120 hectares foi entregue ao prefeito Raulien Queiroz, pelo coordenador extraordinário de Regularização Fundiária na Amazônia Legal, do Programa terra Legal, Raimundo da Silva Alves, em junho de 2013, numa solenidade que contou com a presença do deputado estadual Airton Faleiro.
    A reunião.
    A expectativa de uma resposta à questão da regularização fundiária rural era visível no rosto dos produtores rurais que ocuparam o plenário da Câmara Municipal para ouvir dos representantes do Incra um posicionamento sobre PA Jacaré e sobre o Projeto de Desenvolvimento Sustentável-PDS Laranjal que está em litígio, uma vez que uma empresa denominada de Idussolo se diz proprietária de uma grande área dentro do PDS Laranjal. A Indussolo é uma empresa paranaense autora da mais grandiosa e sofisticada fraude fundiária das tantas que a Amazônia é palco. Por meio de sentença judicial, obtiveram um Registro Torrens, uma espécie rara de título fundiário que, legitimado pelo Judiciário, torna a matrícula do imóvel incancelável e irretificável. Assim, a empresa engoliu a espantosa dimensão de 1.138.000 hectares e, dentro deles, quase todo o território da região de Montanha e Mangabal, localizada à margem esquerda do rio Tapajós, atingindo as terras do município de Jacareacanga e Itaituba, partindo da Rodovia Transamazônica à margem do Tapajós (com informações: http://www.teses.usp.br).

    Os servidores do INCRA ouviram os questionamentos unanimes de abandono e descaso por parte da instituição agrária do governo federal. Os pequenos produtores rurais se queixaram da falta da atenção do Incra sobre a demarcação do PA Jacaré. “Vemos se falar em reforma agrária nos jornais, Mas o município de Jacareacanga está abandonado pela União quando se trata de desenvolvimento agrário. Os PA’s no resto do Brasil têm energia, agua potável e agrovilas, mas o PA Jacaré nunca recebeu sequer um quinhão do Governo Federal”, desabafou o prefeito Raulien Queiroz.  
    Já o pequeno produtor rural, conhecido como ‘Parazinho’ morador há 13 anos na região do Jaburu, dentro do PA Jacaré, disse que carregou carga nas costas durante 12 anos. “Os 11km de estrada vicinal abandonados pelos Incra há mais de 10 anos, foi recuperado pela prefeitura e atualmente o caminhão da prefeitura que dá apoio aos produtores passa toda semana em frente ao meu lote”, disse o pioneiro Parazinho.
    Os técnicos do Incra reconheceram a falta de compromisso da autarquia com Jacareacanaga. Carlos Carneiro, por exemplo, disse que e a primeira vez que visita Jacareacanga. “Sou servidor do Iincra há 36 anos e esta é a primeira vez que venho no município. A Superintendência Regional foi criada em Santarém em 2006. Reconheço e comprovo aqui a ausência da autarquia em Jacareacanga”, disse.
    Carneiro ainda informou que devido a ocupação irregular do PA Jacaré e do PDS Laranjal, o Incra vai fazer em breve uma revisão ocupacional que tem o objetivo exclusivamente para regularizar os produtores situados nestas áreas. “Dentro do PA a legislação garante a titulação de 100 hectares por família. Já no PDS a regularização é coletiva”, informou.
    Franck Batista disse que aquela reunião seria o início de uma nova relação entre Jacareacanga e o Incra. “Vamos construir propostas de trabalho com retorno em curto espaço de tempo”, disse. Sobre a ocupação irregular do PA Jacaré e PDS Laranjal, o técnico disse que há várias situações com tratamento jurídico diferenciado. “Há produtor com mais de 100 hectares, alguns com seus nomes vinculados à empresa, outros são servidores públicos. São situações que deverão se vistas com cautela”, disse.
    Quanto à competência do Incra, os técnicos informaram que a autarquia tem poder para atuar dentro do PA e do PDS. Já dentro das Resex o assunto é tratado com o IcmBio. Os servidores do Incra também informaram que no dia 16/11, sábado, estará em Jacareacanga um representante de Brasília, para assinar junto com o prefeito Raulien Queiroz o convênio de recuperação doa primeiros 28 km de estrada vicinal. “O planejamento do Incra prevê para o PA Jacaré a recuperação de 52 km”, disse Carlos Carneiro.
    Um pouco da história sobre a questão agrária
    A partir de 1970, o governo federal criou o INCRA e ao mesmo tempo vários programas especiais de desenvolvimento regional. Entre eles:
    Programa de Integração Nacional - PIN (1970)
    Programa de Redistribuição de Terras e de Estímulo à Agroindústria do Norte e Nordeste - PROTERRA (1971)
    Programa Especial para o Vale do São Francisco - PROVALE (1972)
    Programa de Pólos Agropecuários e Agrominerais da Amazônia - POLAMAZÔNIA (1974)
    Programa de Desenvolvimento de Áreas Integradas do Nordeste - POLONORDESTE (1974).
    O nício da década de 80, com o agravamento dos conflitos pela posse de terra, na região Norte do País, ocasionou a criação do Ministério Extraordinário para Assuntos Fundiários e dos Grupos Executivos de Terras do Araguaia / Tocantins - GETAT, e do Baixo Amazonas - GEBAM.
    Em 10 de outubro de 1985, o governo do presidente José Sarney elaborou o Plano Nacional de Reforma Agrária (PNRA), previsto no Estatuto da Terra. Criou-se para isso o Ministério Extraordinário para o Desenvolvimento e a Reforma Agrária (Mirad), mas quatro anos depois os resultados foram pouco expressivos.
    Mas em 1987 o Incra foi extinto e o Mirad, extinto em 1989. A responsabilidade pela reforma agrária passou para o Ministério da Agricultura. Em 29 de março de 1989 o Congresso Nacional recriou o Incra, rejeitando o decreto-lei que o extinguira, mas o órgão permaneceu semiparalisado, por falta de verba e de apoio político. O órgão ficou vinculado diretamente à Presidência da República, com a criação, em 29 de abril de 1996, do Ministério Extraordinário de Política Fundiária, ao qual imediatamente se incorporou o Incra.
    Em 14 de janeiro de 2000, o Decreto nº. 3.338, foi criado o Ministério do Desenvolvimento Agrário.
    O Ministério do Desenvolvimento Agrário teve sua estrutura regimental regulamentada conforme o decreto 5.033, em 5 de abril de 2004. (fonte: www.incra.gov.br)
    ASCOM/PMJ
    Com informações de Roberto Strapasson
    Secretário Municipal de Administração e Finanças

    Pela FÉ

    Pela FÉ

    De ponta a ponta ligado com o Mundo!

    De ponta a ponta ligado com o Mundo!
    FORUM PERMANENTE DE DEBATES Eis minha intenção em criar este espaço; as matérias que forem publicadas no FARO FINO, se produzirem comentários serão respondidas respeitando a opinião dos leitores. Todos os comentários devidamente assinados serão considerados e publicados, desde que não exponha a moralidade de pessoas. Evidentemente que comentários imorais ou que visem ridicularizar, humilhar pessoas também serão descartados.

    Muitas vezes por sermos homens de projeção publica, posamos de vidraças, e as pedras dos insensatos, de longe são atiradas, mesmo não querendo o FARO FINO para essa finalidade, também posso ser pedra de estilingue, ou até a funda que Davi usou para tirar de orbita o gigante Golias.