quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

Chinês guarda bombas intactas da Segunda Guerra Mundial debaixo da cama por 25 anos

Chinês guarda bombas intactas da Segunda Guerra Mundial debaixo da cama por 25 anos

Artefatos ainda em bom estado podiam ser detonados. Um fazendeiro morador de Chongqing, na China, encontrou alguns objetos de metal enquanto trabalhava no campo durante o dia. Sem saber do que se tratava, ele resolveu leva-los para casa, e guardou-os debaixo de sua cama.
Tratava-se de bombas usadas durante a Segunda Guerra Mundial, as quais ficaram armazenadas dentro de sua residência por 25 anos. Os dispositivos que possuem 70 anos de idade encontram-se enferrujados e um pouco desfigurados. Ainda assim, eles podem ser detonados.
A filha do fazendeiro, de sobrenome Deng, contou que o pai encontrara as bombas enquanto cavava próximo a um rio. A ideia inicial do camponês era usá-las como uma foice. No ano 2000 ele acabou conhecendo um veterano de Guerra da Coreia, o qual revelou o que seriam os artefatos. O homem decidiu mantê-los guardados em sua casa.
A polícia foi alertada por moradores da região, e acabou desativando as bombas. Elas tinham cerca de 40 cm de comprimento e dez de diâmetro.r7.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja prudente em seus comentários, agradeço sua visita.