domingo, 11 de novembro de 2012

"EU TAMBÉM SOU HOMEM, QUERO MORRER LUTANDO PELO MEU POVO" Luiz Waro Munduruku

POVO BRASILEIRO!

CRIANÇAS, ADULTOS E IDOSOS FORAM ALVEJADOS POR BALAS DE BORRACHA SEM PIEDADE. QUE AMEAÇA O CACIQUE BAXIXI COM MAIS DE 60 ANOS E UMA CRIANÇA COM 6 ANOS DE IDADE PODERIA REPRESENTAR AOS AGENTES FEDERAIS ARMADOS COM PISTOLAS AUTOMÁTICAS E METRALHADORAS?






ATENÇÃO BRASIL!
ALDEIA TELES PIRES, LOCALIZADA À MARGEM DIREITA DO RIO TELES PIRES, MUNICÍPIO DE JACAREACANGA, ESTADO DO PARÁ, FOI ATACADA COVARDEMENTE POR AGENTES DA POLICIA FEDERAL. UMA COMUNIDADE INDÍGENA COM MAIS DE 300 HABITANTES À MERCÊ DA INSANIDADE DOS AGENTES FEDERAIS.


MULHER CHORA A MORTE DO MARIDO. ADENILSON KIRIXI MUNDURUKU, 32 ANOS, FOI ASSASSINADO COVARDEMENTE POR UM AGENTE DA POLÍCIA FEDERAL. DEIXA CINCO FILHOS MENORES E ESPOSA.


A ASSESSORIA DE IMPRENSA DA POLICIA FEDERAL DE CUIABÁ/MT, NOTICIOU QUE FORAM TIROS DE BALAS DE BORRACHA. PURA MENTIRA. A PF E SEU APARATO DE GUERRA AMEAÇARAM, HUMILHARAM E FERIRAM OS DIREITOS HUMANOS DOS MUNDURUKU.








VELHO GUERREIRO LUIZ WARO, 78 ANOS, RESPEITADO COMO UMA REFERENCIA DA CULTURA MUNDURUKU, DEFICIENTE VISUAL, AVÔ DO INDÍGENA ASSASSINADO POR UM DELEGADO DA POLÍCIA FEDERAL. FOI ARRASTADO COVARDEMENTE COMO UM BANDIDO POR UM AGENTE DA POLICIA FEDERAL. ELE FALOU AO AGENTE FEDERAL ESTA FRASE: "EU TAMBÉM SOU HOMEM, QUERO MORRER LUTANDO PELO MEU POVO"Luiz  Waro. Fotos e textos extraídos do FACEBOOK

Não podemos deixar de noticiar esses fatos que nos deixa triste devido à situação causada pelo extremo excesso da força, ainda que seja no cumprimento da Lei. A pergunta que não quer calar é, O que o povo ribeirinho, garimpeiros e indígenas irão fazer de agora em diante? O mesmo governo que tira deveria oferecer condições de mudar a vida dessas pessoas com oportunidades sem que os mesmos fossem tratados como bandidos, e agora deputado DUDIMAR PAXIÚBA  o que realmente você fará para mudar essa história? Os mesmos que votaram em vossa excelência são aqueles que sofreram mãos tratos nessa operação que você ao usar a tribuna do congresso solicitou da policia federal que fossem na área salvar o Rio Tapajós! Será que essa gente não tem valor para vossa excelência? Ou será que o único valor deles são os votos que realmente te interessa?

5 comentários:

  1. Aonde tem o texto que fala que o índio chamado de CAMALEÃO atingiu o delegado de policia com uma borduna no ombro? deixando o policial no chão.... Os fatos deve ser contados na veracidade dos fatos, apolicia não chega atirando sem que alguém comesse a atirar primeiro. Se tem um culpado de tudo isso é o deputado DUDIMAR PAXIÚBA

    ResponderExcluir
  2. NAO sou militante da causa indigena e nem concordo que usem os indigenas e o uso deles por certas ONGS,entretanto, acho que eles estão sendo injustiçados nesta operação da PF e onde se ve o completo silencio da FUNAI que e a protetora,e o silencio das lideranças politicas regionais,municipais que tem sido eleito com o voto dos indigenas.
    Merece profunda reflexao a frase de resistencia de um lider nativo de lá, que foi morto na defesa do seu povo.

    EMANUEL BENTES
    advogado

    ResponderExcluir
  3. Não sei é por questão de sigla partidária ou pelo fato de você ser assessor para assuntosa indígenas da prefeitura de Jacareacanga. Entretanto, a Operação Eldorado é fruto de uma investigação da própria PF que já vinha sendo desencadeada desde o mês de fevereiro deste ano, fato este relatado na nota da Polícia Fedral a imprensa publicada em seu próprio. Portanto, quando você diz que o deputado Dudimar solicitou a Operação Eldorado na Tribuna da Câmara, deixa entender que você pretende macular o nome do deputado vinculando este triste episódio. Não sou assessor do Dudimar nem tenho procuração para defendê-lo, porém, faço esse comentário para ajudar na veracidade dos fatos.

    ResponderExcluir
  4. Não sei é por questão de sigla partidária ou pelo fato de você ser assessor para assuntos indígenas da prefeitura de Jacareacanga. Entretanto, a Operação Eldorado é fruto de uma investigação da própria PF que já vinha sendo desencadeada desde o mês de fevereiro deste ano, fato este relatado na nota da Polícia Fedral a imprensa publicada em seu próprio blog. Portanto, quando você diz que o deputado Dudimar solicitou a Operação Eldorado na Tribuna da Câmara, deixa entender que você pretende macular o nome do deputado vinculando a este triste episódio. Não sou assessor do Dudimar nem tenho procuração para defendê-lo, porém, faço esse comentário para ajudar na veracidade dos fatos.

    ResponderExcluir
  5. Meu caro amigo Francisco Amaral recebo seu comentário com preocupação e perplexo pelo fato do amigo achar que eu esteja maculando ou rotulando o nome do deputado Dudimar e atribuindo a ele a culpa dos fatos, porém deixo claro a você e aos internautas que essa preocupação a qual foi mencionada por mim em um comentário ao final da matéria, é apenas o que se ouviu na cidade de Jacareacanga e também por outros blogs da região que publicaram matérias dessa natureza e que foram contundentes nas criticas contra o deputado supra citado em questão, Quanto eu ser assessor de assuntos indígena da prefeitura, eu não misturo os fatos, eu falo como um cidadão comum e responsável pelo meu blog, não decanto cores partidárias em praça pública para subtrair quem quer que seja. Eu apenas reproduzir as perguntas feitas por outros blogs, contudo não quero com isso causar danos e muito menos atribuir culpas a quem de direito....Vivemos em um país democrático, eu sou responsável pelo o que eu falo, e não pelo o que as pessoas entendem....

    ResponderExcluir

Seja prudente em seus comentários, agradeço sua visita.