quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Cenas de crueldade em Gaza explicam ações militares israelenses

O grupo radical Hamas garantiu, nesta terça-feira (20), a legitimidade moral das ações militares israelenses na Faixa de Gaza. Imagens de supostos membros da organização terrorista arrastando um corpo pelas ruas do território palestino causaram grande comoção no mundo ocidental. O ato de crueldade é mais um sinal de que a região vive constantes episódios de desordem pública e violações aos direitos humanos.

Na polêmica foto, alguns motoqueiros amarraram um palestino que foi assassinado por supostamente colaborar com o inimigo judeu. Além da referida vítima, outros 5 homens foram mortos na ação marcial do Hamas contra aqueles que julgaram traidores da sua causa.
A impressão de que a região é uma terra sem lei é quase involuntária e revolta quem vê a seqüência de fotos. Simultaneamente, o desprezo à vida humana retratado pela cena sensibilizou o público atraindo a atenção de muitos para os conteúdos internacionais jornalísticos que reportaram o caso.Fábio Cervone, colunista do R7

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja prudente em seus comentários, agradeço sua visita.