terça-feira, 24 de julho de 2012

Ministério Público pede anulação da licença de Belo Monte mais uma vez

Procuradores apontam o descumprimento de condicionantes em 24 programas e projetos da obra. 

BRASÍLIA  O Ministério Público Federal (MPF) pediu mais uma vez à Justiça a anulação da licença de instalação da Hidrelétrica de Belo Monte, no Rio Xingu (PA). Na ação cautelar, os procuradores da República alegam que as ações obrigatórias de prevenção e redução dos impactos socioambientais do projeto não estão sendo cumpridas pela Norte Energia, responsável pela obra.

A ação cautelar, que foi ajuizada ontem (23) na Justiça Federal em Belém, é contra a Norte Energia e o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). O MPF argumenta que as ações são insuficientes, estão sendo descumpridas e são mal fiscalizadas pelo Ibama.

Portal Amazônia, com informações da Agência Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja prudente em seus comentários, agradeço sua visita.