segunda-feira, 2 de abril de 2012

Assassino abre fogo contra universitários e deixa 7 mortos

Homem abre fogo em universidade 

nos EUA e deixa 7 mortos

Outras pessoas ficaram feridas durante tiroteio em Oakland; suspeito foi preso
Do R7, com agências internacionais
Publicidade 02/04/2012
Diversas viaturas policiais e ambulâncias foram enviadas nesta segunda-feira (2) para a Universidade de Oikos na cidade de Oakland, no Estado da Califórnia, devido a um tiroteio que deixou pelo menos cinco feridos. A polícia confirmou a morte de sete pessoas até o momento.
"Há informações sobre várias vítimas de disparos, os médicos estão no local", disse a polícia de Oakland em breve comunicado.
O pastor Jong Kim, fundador da faculdade, disse ao jornal Oakland Tribune que o homem preso em um shopping a cerca de oito quilômetros do campus é um ex-aluno de enfermagem.
Kim disse ao jornal que ouviu cerca de 30 tiros.
"Como vocês devem ter ouvido, o atirador suspeito nos letais disparos de hoje na Universidade Oikos, na Edgewater Drive, está sob custódia, e parece ter agido sozinho", informou a prefeitura em nota.

"Os arredores estão isolados, mas a polícia orientou que nenhuma ameaça iminente à segurança pública parece existir na área imediata", acrescentou o curto texto.
Horas depois, dois corpos permaneciam num gramado em frente à escola, cobertos por um lençol.
Há pouco mais de um mês, um aluno matou três colegas na cantina de um colégio em Ohio, no pior incidente desse tipo nos EUA em seis meses.
A rede de televisão "NBC" informou que policiais cercaram um edifício que fica perto da Universidade Oikos, e imagens feitas em um helicóptero mostraram agentes resgatando os corpos de pelo menos três pessoas.
A polícia divulgou uma descrição do suspeito de ter feito os disparos e disse que se trata de um homem de origem coreana, de 40 anos de idade, que usava roupas de cor cáqui.A rede de televisão CNN noticiou que o o suspeito foi preso pela polícia. Ainda não há confirmação se ele agiu sozinho.
Os agentes se posicionaram em torno do edifício enquanto enfermeiros tiravam do local pessoas feridas. A imprensa local acrescentou que alguns policiais utilizaram martelos para quebrar os vidros das portas e entrar no edifício.
O Corpo de Bombeiros de Oakland recebeu pedidos de pelo menos cinco ambulâncias, e dezenas de veículos policiais estão nas imediações da universidade.
A prioridade das autoridades neste momento é acudir os feridos e evacuar os prédios da universidade.
A universidade de Oikos é cristã e oferece cursos de teologia, música e medicina asiática.
Fotos baixadas da internet.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja prudente em seus comentários, agradeço sua visita.