quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Calvície nunca mais!

TRANSPLANTE CAPILAR
Nos últimos tempos o interesse pelas operações de implante de cabelo aumentouconsideravelmente, pois de 2 a cada 3 homens e uma de cada 5 mulheres sofrem queda de cabelo em algum grau. Nos homens é a herança o principal motivo, enquanto que nas mulheres  O mercado oferece na actualidade diversas técnicas de implante de cabelo, ainda que se deva deixar claro que esta cirurgia tampouco pode ajudar a todas aquelas pessoas cuja calvície é total. Para que o candidato seja apto, é fundamental que ainda tenha algum crescimento normal de cabelo nas zonas laterais e traseiras da cabeça, pois ambas serão necessárias como doadores de cabelo para os enxertos.
A intervenção
Após um estudo detalhado por parte do cirurgião de seu padrão de calvície, o mesmo lhe informará, sobretudo o relacionado com a cirurgia, a técnica que se utiliza e os resultados a esperar. O procedimento se baseia em transplantar uma faixa de couro cabeludo procedente da parte posterior da cabeça do paciente. Tal parte não apresenta receptores de DHT, por isso é permanente e não cai. A partir de aqui se obtém os micro-enxertos (de 1 a 3 unidades de cabelo) que se implantarão com máxima minúcia nas áreas vazias. Utiliza-se anestesia local e a intervenção é ambulatória, ou seja, o paciente regressa a sua casa nesse mesmo dia. Os resultados são para toda a vida porque o cabelo implantado é do próprio paciente. Já no pós-operatório, os cuidados são muito simples, apresenta poucos incómodos para o paciente, ele poderá reincorporar-se a sua vida normal com a maior prontidão. Serão necessárias entre 3 e 4 intervenções para conseguir resultados excelentes sempre dependendo, claro, de qual seja seu grau de calvície.
Complicações relacionadas com os métodos de transplante de cabelo
Entre as possíveis complicações mais comuns associadas ao transplante de cabelo, destacam as seguintes:
Rejeição dos enxertos transplantados
De vez em quando, sucede que o enxerto transplantado é rejeitado por nosso organismo (como às vezes sucede em operações de transplante de outros órgãos). Neste caso, deve-se voltar a recorrer à cirurgia para começar de novo com o processo.
Cicatrizes ou hemorragias
As cicatrizes e hemorragias são algo muito comum neste tipo de intervenções de implante, como conseqüência do estiramento da pele e do couro cabeludo que é submetido a alguns dos métodos de redução empregados durante a operação.
Falta de homogeneidade no crescimento do cabelo
A não homogeneidade, em alguns casos, do crescimento do cabelo que acaba de ser transplantado, sobretudo se foi implantado próximo de uma zona rala ou muito fina (normalmente pode ser corrigida com cirurgia adicional).
Infecções e inflamações
Do mesmo modo que em qualquer outro procedimento de tipo cirúrgico, existe o risco de possíveis infecções e inflamaçõesFonte de pesquisa: http://www.tratamentoscapilares.com

Saiba mais clicando aqui!

**************************************


Reflexão:
Um jovem que trabalhava no exército era humilhado por ser Cristão. Um dia seu superior querendo humilhá-lo na frente do pelotão chamou o soldado e disse: Pegue esta chave, vá até aquele Jipe e estacione ali na frente. O jovem disse: Não sei dirigir. Então disse o superior, peça ajuda a seu Deus. Mostre que ele existe. O soldado pegou a chave e começou a orar, depois ligou o veículo, manobrou e estacionou perfeitamente. Ao sair do Jipe o soldado viu todos de joelhos, chorando e dizendo: Nós queremos teu Deus. O jovem soldado espantado, perguntou o que estava acontecendo. O superior chorando abriu o capô do Jipe e mostrou para o jovem que o carro estava sem motor. Salmos 55:22 Confia os teus cuidados ao Senhor, e ele te susterá; jamais permitirá que o justo seja abalado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja prudente em seus comentários, agradeço sua visita.